Flamengo aposta na força da torcida para carimbar classificação antecipada na Libertadores

Para carimbar de forma antecipada uma vaga nas oitavas de final da Copa Libertadores da América, o Flamengo aposta num amuleto que vem dando muita sorte ao Rubro-Negro: o Maracanã. Desde que retornou ao estádio, o time de Zé Ricardo não sofreu nenhuma derrota e usará a força da torcida para intimidar os chilenos e sair com a vitória nesta quarta-feira.

A última derrota do Flamengo no estádio foi em 2015, quando caiu para o Palmeiras no encerramento do Campeonato Brasileiro. Desde então, são 9 jogos no Maracanã com cinco vitórias, quatro empates e nenhuma derrota. O saldo de gols também é bastante positivo, são 15 bolas na rede contra apenas seis sofridas.

Torcida Flamengo San Lorenzo Libertadores 08032017

(Foto: Alexandre Schneider/Getty Images)

Nesta Libertadores, o retrospecto chama à atenção. Jogando em seus domínios, o Flamengo venceu os dois jogos, o primeiro contra o San Lorenzo, o segundo contra o Atlético-PR, mais do que isso, a equipe demonstrou um bom futebol, atuando de forma convincente nas duas partidas. Buscando o ataque, sendo agressivo e sofrendo muito pouco defensivamente. São seis gols feitos contr apenas um sofrido.

Números que não se repentem fora de casa, já que nos dois jogos tanto contra o Atlético-PR, na Arena da Baixada, e contra o próprio Universidad Católica, jogando no Chile, o Flamengo não conseguiu transformar o volume de jogo em resulatado e soma duas derrotas.

Com mais de 48 mil ingressos vendidos, o Maracanã novamente receberá um grande público, sinal positivo para os Rubro-Negros que demonstram crescimento ao lado de sua torcida. Como na partida contra o Fluminense no último domingo, com a maioria dentro do estádio, o Flamengo foi para cima e garantiu a vantagem para o segundo jogo da decisão do Estadual.

Em caso de vitória do Flamengo no Maracanã, e derrota ou empate do San Lorenzo na Arena da Baixada, contra o Atlético-PR, o time de Zé Ricardo garante a vaga antecipada nas oitavas de final da Copa Libertadores.