Flamengo é o primeiro a marcar três gols contra consecutivos na Libertadores; Paulo Sousa cita 'azar'

Empate do Flamengo: Willian Arão marcou gol contra contra o Talleres (Foto: Diego Lima / AFP)


Há uma semana, o Flamengo venceu a Universidad Católica (CHI) por 3 a 2, em jogo que Isla e Pablo marcaram gols contra. Nesta quarta, no empate com o Talleres (ARG), Willian Arão foi quem jogou contra a própria rede no gol que abriu o placar do empate em 2 a 2, em Córdoba. A sequência de três gols contra consecutivos foi a primeira de qualquer time na história da Libertadores.

E MAIS: Veja a classificação e as próximas rodadas do Grupo H da Libertadores!

As falhas defensivas têm sido recorrentes nesta temporada. Léo Pereira, contra o Botafogo, também já fez um gol contra em 2022, e, outros jogadores aproveitaram os vacilos da zaga rubro-negra para chegarem às redes do Fla.

Na entrevista após o jogo com o Talleres, no Estádio Mario Alberto Kempes, o técnico Paulo Sousa falou especificamente sobre o gol contra de Willian Arão.

- Numa atmosfera como essa nem sempre se escuta dentro de campo. Acho que o Arão tentou cortar a linha de passe, o Santos tentou chegar na bola, interferiu na comunicação. Acho que dessa vez foi um lance de azar - disse.

O Flamengo retorna ao Rio de Janeiro e, nesta quinta, se reapresenta no Ninho do Urubu para iniciar os trabalhos visando o clássico contra o Botafogo, no domingo, pelo Brasileiro. O jogo será no Mané Garrincha, em Brasília, às 11h.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos