Flamengo manteve o Grêmio vivo na Libertadores, mesmo com futebol muito superior

Yahoo Esportes
Gabriel e Kannemann discutem durante o jogo entre Grêmio e Flamengo. Foto: Jeferson Guareze/AGIF
Gabriel e Kannemann discutem durante o jogo entre Grêmio e Flamengo. Foto: Jeferson Guareze/AGIF

Quando o árbitro Néstor Pitana apitou o final da partida entre Grêmio e Flamengo, cheguei à seguinte conclusão: o empate de 1x1 foi ótimo para o Grêmio e bom para o Flamengo. Como assim, já que o Grêmio foi o mandante do jogo de ida das semifinais da Libertadores da América?

SIGA O YAHOO ESPORTES NO INSTAGRAM

Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

Simples definição para um confronto que mostrou um Flamengo muito superior ao Grêmio. Costumo dizer que se todas as chances criadas se transformassem em gols, o Flamengo venceria por 5 a 2. Vale lembrar que os três gols anulados do Fla, com o uso do VAR, foram invalidados corretamente. Ainda assim, o time carioca mandou na partida. Fez um primeiro tempo de imposição técnica e deixou o Grêmio em meia-linha, alugando o meio-campo e pressionando o tempo todo. O fato do placar não ter sido alterado foi uma vitória tricolor. William Arão e Gérson foram soberbos.

Leia também:

No segundo tempo, conforme esperado numa disputa desse nível, o Grêmio voltou diferente e o Flamengo manteve a qualidade. A equipe gaúcha cresceu com mais pegada e competitividade. O deserto de ideias foi terminado quando Éverton e Matheus Henrique obrigaram Diego Alves a duas defesas muito boas. O jogo virou, com o Grêmio tendo o controle da bola e o Flamengo saindo no contra-ataque. Num lance ofensivo, cruzamento para a área e Bruno Henrique colocou o Fla em vantagem, num momento inferior do Flamengo. O gol fez bem e o Flamengo voltou a assumir o protagonismo, aproveitando a afobação gremista.

Tanta segurança fez o Flamengo falhar num momento que tinha a posse de bola com Éverton Ribeiro e Filipe Luís caído, pedindo atendimento. Éverton prendeu a bola e não jogou para fora, esperando pelo árbitro, que deixou o jogo seguir. Na sequência, o Grêmio foi para o ataque e empatou com Pepê, após cruzamento de Éverton. Uma igualdade correta pelo segundo tempo, mas bem injusta pelos 90 minutos.

Como o futebol não corrige injustiças, o Grêmio terminou comemorando o empate e o Flamengo lamentou, por seu desempenho muito bom. Mas mesmo assim, poder empatar em 0 a 0 no Maracanã, é uma boa vantagem flamenguista. O otimista flamenguista dirá que em casa e com a nação a favor, não dá perder a vaga. O pessimista vai alertar que o time não matou o adversário quando teve a chance.

A realidade é que está tudo aberto. O Grêmio pode ganhar do Flamengo no Rio de Janeiro, mesmo sendo inferior. Ficou tudo para o dia 23, com cinco rodadas da Série A do Brasileiro neste meio-tempo. Serão 20 dias de muita ansiedade para todo mundo.

Siga o Yahoo Esportes

Twitter |Flipboard |Facebook |Spotify |iTunes |Playerhunter

Leia também