Fla já faz contas e jogo contra Atlético-PR é crucial na Libertadores

Goal.com

Depois de dois jogos realizados, o grupo 4 da Copa Libertadores da América, onde estão Flamengo, Universidad Católica, Atlético-PR e San Lorenzo está imprevisível. 

O time chileno lidera ao lado do Atlético com quatro pontos cada e o mesmo número de saldo, inclusive. O Flamengo vem seguida com três pontos e o time argentino está na lanterna sem nenhum ponto somado.

GOAL
GOAL

LEIA MAIS:
Guardiola pede tempo no City | Neymar comanda seleção da UCL | O novo avião do Real Madrid

GOAL
GOAL

Na próxima rodada, o Flamengo encara o Atlético-PR ainda sem local da partida definido. O jogo será crucial para as pretensões do time de Zé Ricardo que precisa vencer para ficar um pouco mais tranquilo.

Diego Ribas Flamengo San Lorenzo Libertadores 08032017
Diego Ribas Flamengo San Lorenzo Libertadores 08032017


(Foto: Pedro Martins / MoWa Press / Divulgação)

Chegando aos seis pontos e freando o rival do Paraná, o Flamengo ainda pode ver o San Lorenzo, que pega o Católica fora de casa, dar uma mãozinha ao Rubro-Negro. Com a volta do campeonato argentino é de se imaginar que o time de Diego Aguirre faça jogo duro contra os chilenos em casa, se não pode ficar muito perto de já dar adeus a competição.

Fazendo uma breve análise, se o Flamengo vencer o Atlético-PR em casa, e arrumar um empate contra o mesmo Furacão, na  Arena da Baixada, pode ficar numa situação bastante confortável, praticamente encaminhando a sua classificação. 

O Rubro-Negro precisa ter cuidado para não deixar a classificação ficar para a última rodada, onde enfrenta o San Lorenzo fora de casa. Nesta partida, o time de Diego Aguirre pode jogar a vida por uma possível classificação e complicar o time de Zé Ricardo.

Universidad Catolica Flamengo Copa Libertadores 15032017
Universidad Catolica Flamengo Copa Libertadores 15032017


(Foto: Clube de Regatas do Flamengo / Divulgação)

Por isso, o local da partida contra o Atlético-PR precisa ser muito bem estudado para que o Flamengo não favoreça o adversário na escolha do campo. Na Arena da Baixada, além de entrar o Furacão, o time de Zé Ricardo tem que encarar a grama sintética também como adversária.

O Flamengo volta a campo apenas no dia 12 de abril contra o Atlético-PR. Enquanto isso, no mesmo dia, o Católica recebe o San Lorenzo dentro de casa.

Leia também