Fla busca empate com Flu e segue invicto no Carioca

CARIACICA, ES (UOL/FOLHAPRESS) - Em um clássico que não valia mais nada para as pretensões dos times no Campeonato Carioca, Flamengo e Fluminense empataram por 1 a 1, neste domingo (2), em Cariacica -gols de Wendel e Willian Arão. O rubro-negro é o único time que ainda permanece invicto na competição e buscou a igualdade no placar já aos 45min do segundo tempo.

O sistema defensivo do Flamengo esteve em uma tarde infeliz, com falhas do zagueiro Rafael Vaz. Já o tricolor teve as melhores oportunidades da partida, pecou nas finalizações e conseguiu o gol já na reta final do clássico.

Logo aos 2min, o zagueiro Rafael Vaz quase ajudou o time a abrir o placar. Ele aplicou uma caneta desmoralizante no lateral Léo e cruzou. Donatti cabeceou por cima da meta de Diego Cavalieri.

Se conseguiu uma bela jogada nos primeiros minutos, o zagueiro Rafael Vaz foi muito mal aos 13min. Ele saiu jogando e armou o contra-ataque do Fluminense. Lucas Fernandes ganhou de Márcio Araújo e achou Henrique Dourado na área. Alex Muralha salvou o Flamengo.

Aos 24min, Márcio Araújo errou a saída de bola. Henrique Dourado aproveitou e bateu da entrada da área. Alex Muralha fez boa defesa. No rebote, Wendel chutou para mais uma eficiente neutralização do goleiro rubro-negro.

Pouco tempo depois de cobrar uma falta com desvio para a linha de fundo, Diego recebeu bola em boa condição na entrada da área aos 36min. O meia virou e arrematou para o gol. Diego Cavalieri espalmou para escanteio.

Aos 41min, o Fluminense teve a chance mais clara. Após cobrança de escanteio pela direita, Alex Muralha saiu mal e a bola ficou limpa para o cabeceio de Léo. Miguel Trauco salvou o Rubro-negro em cima da linha.

O Fluminense continuou melhor no segundo tempo e teve mais oportunidades do que o Flamengo. Após 37min, Wendel aproveitou corte de Donatti e bateu para o gol. A bola desviou em Rafael Vaz antes de morrer no fundo da rede de Alex Muralha.

Quando o jogo já parecia definido, o Flamengo buscou o empate em escanteio cobrado por Diego. Willian Arão cabeceou para o chão e conseguiu o esperado gol para se manter invicto no Campeonato Carioca.

No Fla-Flu que nada modificou a situação dos clubes nas semifinais do Campeonato Carioca, a torcida rubro-negra foi maioria absoluta nas arquibancadas do estádio Kleber Andrade, em Cariacica. Os flamenguistas lotaram o seu espaço e apoiaram o time durante todo o tempo. O número inferior de tricolores também não deixou de cantar pelo clube do coração.

FLUMINENSE

Diego Cavalieri; Renato (Oswaldo), Nogueira, Reginaldo e Léo; Luiz Fernando, Wendel, Marquinho e Maranhão (Richarlison); Lucas Fernandes e Henrique Dourado (Pedro). Técnico: Abel Braga

FLAMENGO

Alex Muralha; Pará, Donatti, Rafael Vaz e Trauco; Márcio Araújo, Willian Arão e Diego; Berrío (Cuéllar), Cafu (Gabriel) e Leandro Damião (Felipe Vizeu). Técnico: Zé Ricardo

Local: Kleber Andrade, em Cariacica (ES)

Juiz: Rodrigo Carvalhaes de Miranda

Cartões amarelos: Wendel, Nogueira, Reginaldo, Luiz Fernando (Fluminense); Pará, Donatti (Flamengo)

Cartão vermelho: Pará (Flamengo)

Gols: Wendel (Flu), aos 37min, e Willian Arão (Fla), aos 45min do 2º tempo