Finlândia surpreende e vence a França por 2 a 0 em Paris

·2 minuto de leitura
O atacante finlandês Onni Valakari (esq.) comemora com seus companheiros um dos gols marcados na vitória sobre a França no amistoso no Stade de France, no dia 11 de novembro de 2020
O atacante finlandês Onni Valakari (esq.) comemora com seus companheiros um dos gols marcados na vitória sobre a França no amistoso no Stade de France, no dia 11 de novembro de 2020

A modesta seleção da Finlândia conseguiu uma grande vitoria nesta quarta-feira ao derrotar a França, atual campeã mundial, por 2 a 0, em um amistoso em Paris.

Marcus Forss, aos 28 minutos, e Onni Valakari, aos 31, foram os autores dos gols finlandeses.

Com um time recheado de reservas, e no qual se destacaram as ausências no ataque de Kylian Mbappé, lesionado, e de Antoine Griezmann, poupado por Didier Deschamps para os duelos da Liga das Nações, a França começou dominando e teve algumas chances do estreante Marcus Thuram (16 e 18), uma delas com uma cabeçada no travessão.

Mas com um meio de campo pouco criativo (Sissoko, Nzonzi e Pogba), os franceses foram aos poucos desistindo da iniciativa e os finlandeses aproveitaram para marcar dois gols em três minutos.

Forss colocou os nórdicos na frente (28), superando Steve Mandanda no mano a mano após Sissoko perder a bola no meio de campo e Valakari marcar três minutos depois com um chute de pé esquerdo de fora da área que entrou no ângulo.

No início do segundo tempo, os finlandeses estiveram perto de marcar o terceiro, mas o chute de Joni Kauko foi desviado para escanteio pelo pé de Mandanda (49).

A França só melhorou quando Deschamps colocou titulares regulares em campo (Griezmann, Kanté, Martial e Varane), mas também não criou muito perigo na frente do gol adversário.

Um voleio na altura da marca do pênalti de N'Golo Kanté que saiu alto demais (79) e um chute de Anthony Martial que Jesse Joronen desviou para escanteio com a ponta dos dedos (89) foram as únicas duas chances que os 'Bleus' criaram para tentar ao menos diminuir o placar.

A França voltou a perder em casa após 16 jogos invicta (11 vitórias e 5 empates).

A última derrota dos Bleus como anfitriã havia sido no dia 23 de março de 2018, quando a equipe de Deschamps perdeu por 3 a 2 para a Colômbia.

mcd/dr/aam