Final da Liga dos Campeões será transferida de Istambul à cidade do Porto, dizem fontes

·1 minuto de leitura
Estádio do Porto

ANCARA (Reuters) - A Uefa transferiu a final da Liga dos Campeões deste mês entre Manchester City e Chelsea de Istambul à cidade do Porto, disseram fontes da Federação Turca de Futebol nesta quarta-feira.

Segundo as fontes, a Turquia espera sediar a final da Liga dos Campeões de 2023 em Istambul, parte de um acordo com a entidade organizadora do futebol europeu.

A Uefa não quis comentar. A entidade realiza reuniões para encontrar uma solução para a decisão de 29 de maio desde que o governo do Reino Unido colocou a Turquia em sua "lista vermelha" de viagens na sexta-feira, na prática inviabilizando a presença de torcedores dos clubes ingleses no jogo.

Inicialmente, o governo britânico acenou com a possibilidade de sediar a partida no Estádio Wembley de Londres, mas as conversas desandaram por causa de questões relacionadas a isenções para equipes de apoio, emissoras e patrocinadores que estariam viajando de diversos locais.

Portugal será incluído em uma "lista verde" do governo britânico em 17 de maio, o que significa que os torcedores dos clubes ingleses poderão viajar para assistir ao confronto.

Portugal está na última fase de amenização de um lockdown e espera suspender as restrições de viagem a partir de 17 de maio.

Istambul também deveria ter sediado a final do ano passado, mas a Uefa a transferiu para Lisboa, onde ela aconteceu a portas fechadas como parte de um torneio dos "oito melhores" na esteira da interrupção da temporada causada pela pandemia de Covid-19.

Sediar a final de 2023 permitirá à Turquia destacar o jogo como parte das comemorações do centenário da república.

(Por Eçe Toksabay)

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos