Final contra a Argentina será "um grande desafio" para o Brasil, diz Tite

·2 minuto de leitura
O técnico da seleção brasileira, Tite, durante a partida com o Equador, pela Copa América

O Brasil terá pela frente um "grande desafio" para vencer a Argentina na final da Copa América-2021 que será disputada no sábado, no Maracanã, no Rio de Janeiro, disse o técnico da seleção brasileira Tite.

"São os dois últimos sul-americanos campões do mundo. Em 2002, 1994 [títulos do Brasil], em 1986 a Argentina. Tem uma dimensão, sem desprezar e sabendo da grandeza da Colômbia, do Uruguai. A gente sabe da grandeza de dois ícones do futebol mundial", disse o técnico em coletiva de imprensa virtual.

"Falar de Messi e Neymar é falar de excelência, de virtudes técnicas, mentais, físicas, de capacidade de criação muito alta. É um grande desafio, um grande espetáculo", acrescentou.

O técnico de 60 anos destacou a força exibida por sua equipe ao longo da Copa América-2021, na qual está invicto, com cinco vitórias e um empate.

"Dentro da Copa América, a equipe que mais dribla, finta, mais lance individual, é a seleção brasileira. Se tem organização, ela quer ter criação, quer ter lúdico, criativo, o gol. Nesse ponto de equilíbrio a gente tenta fazer o trabalho", explicou ele.

A seleção brasileira tem o ataque que mais gols marcou e defesa menos vazada do torneio, embora tenha pela frente o genial Lionel Messi, que por enquanto é o maior artilheiro e joador que mais deu assistências.

"Eu sei [como marcá-lo], mas não vou dizer. A gente não neutraliza, a gente diminui ações do adversário", indicou.

Tite evitou avaliar qual das duas equipes - ambas com a melhor pontuação do torneio - merece mais a vitória. Caso vença, a seleção brasileira conquistará o bicampeonato após ter levantado a taça na Copa América de 2019 em csa. Já a Argentina encerrará um incômodo jejum de 28 anos.

"Quero que faça um grande espetáculo, que seja um grande jogo, competitivo e leal. Agora comparar entre um e outro, não dá, porque não tenho a devida resposta para isso. Os 90 minutos ou mais refletidos nessa final que também vão contribuir para isso".

Tite garantiu que o lateral Alex Sandro dificilmente será titular devido a um desconforto físico.

Crítico do estado do gramado em que foi disputada a competição, o treinador reavaliou suas dúvidas em relação ao campo do Maracanã, que começou a melhorar há algumas semanas com vistas à final.

"Nós fomos ver o campo, ele vai estar bom. Deu tempo hábil de fazer, vai proporcionar sim um grande espetáculo", afirmou.

raa/ll/aam

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos