Finais sul-americanas de Palmeiras e Athletico-PR podem facilitar caminho do Galo rumo ao título Brasileiro

·2 min de leitura


As partidas contra Athletico-PR, terça-feira, 16 de novembro, Juventude, sábado, 20 e Palmeiras, na outra terça-feira, 23, se transformaram em contagem regressiva para o torcedor do Atlético-MG entoar o sonhado grito de campeão nacional depois de 50 anos de espera.

Com 68 pontos, o número mágico para o Galo ser o campeão brasileiro é 75 pontos, Ou seja: um empate e duas vitórias garantem o caneco para o time mineiro. E o caminho do Atlético-MG para o sonhado título pode ser facilitado por duas decisões em que seus próximos rivais estão envolvidos.

O Athletico-PR terá a final da Copa Sul-Americana no sábado, 20 de novembro, contra o Red Bull Bragantino. Assim, o duelo contra o Galo, terça-feira, pode ter uma equipe mesclada, sem os principais atletas, já que no Brasileiro, o Furacão está em 9º, com 41, longe da briga por uma vaga na Libertadores pelo campeonato. Além de vencer outra vez a Sula, o time paranaense ainda se classificará para a fase de grupos da principal competição do continente em 2022.

Em uma situação parecida estará o Palmeiras, rival do Atlético no dia 23 de novembro, terça-feira. Quatro dias depois, sábado, 27, o Verdão vai tentar o tricampeonato da América em outro duelo brasileiro, contra o Flamengo, pelo título da Libertadores, no Uruguai.

Com 10 pontos a menos do que o Galo, o time de Abel Ferreira deverá favorecer a grande decisão contra o Fla e também poupar suas principais armas. Assim, o caminho do time mineiro poderá ser menos complexo para, na 35ª rodada, confirmar a conquista nacional depois de meio século.

No meio de Furacão e Verdão, tem o Juventude, sábado, 20, no Mineirão, que luta contra o rebaixamento e chegará para enfrentar o alvinegro precisando vencer, ou seja: virá mais desesperado para tentar pontuar diante do líder.

Esse cenário indica um percentual de 97,4% de chances do Atlético-MG ser campeão, segundo o Departamento de Matemática da UFMG. E o Galo aidna terá um jogo a menos, pois o duelo com o Bahia, da 32ª rodada, foi adiado para o dia 2 de dezembro. Logo, o Galo poderá entrar em dezembro já campeão e focar em outra decisão: da Copa do Brasil, contra o Athletico-PR.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos