Fim da passagem: Botafogo não vai renovar o contrato de Fernandes

Sergio Santana
LANCE!


O Botafogo terá mudanças no elenco quando as competições retornarem da paralisação por conta da pandemia do coronavírus. Uma delas será a ausência de Fernandes. O meio-campista de 25 anos não terá o contrato renovado pela diretoria do clube de General Severiano e ficará livre no mercado ainda no final do mês de abril.

O atual vínculo do atleta com o Glorioso termina no dia 30 de abril. O Comitê Executivo de Futebol, ao lado do treinador Paulo Autuori, que não conta com o jogador, optaram por não estender o contrato. Portanto, Fernandes fica sem clube - e livre para assinar com qualquer outra equipe - a partir da próxima sexta-feira, 1º de maio.

Fernandes havia sido emprestado nos últimos dois anos - Atlético-GO em 2018 e Guarani e São Bento em 2019 -, mas chegou a receber uma nova chance do Botafogo ao ser convidado para integrar o elenco que participou da pré-temporada do Alvinegro, no hotel-fazenda China Park, em Domingos Martins, na região serrana do Espírito Santo, em janeiro.



O jogador, atuando como lateral-direito, até se destacou em alguns treinamentos com Alberto Valentim no ES, mas não repetiu a dose com o elenco alternativo que atuou nas duas primeiras rodadas do Campeonato Carioca. Por isto, a avaliação da diretoria foi de que não valeria a pena renovar com o atleta.

Criado nas categorias de base do Glorioso, Fernandes subiu para o time principal do Botafogo em 2015, na disputa da Série B do Campeonato Brasileiro. Foi utilizado com certa frequência nesta temporada e em 2016, mas começou a perder espaço nos anos seguintes.

O meio-campista deixará o Botafogo com 88 partidas disputadas e dez gols marcados. Fernandes chegou ao Alvinegro com 15 anos, em 2010, para integrar as equipes de futsal do Glorioso.




Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

Leia também