Fim da linha! Tiago Nunes não resiste a nova derrota e é demitido do Grêmio

·1 minuto de leitura

Como ja havia indicado o presidente Romildo Bolzan na última semana após a derrota para o Juventude, um novo revés do Grêmio custaria o cargo do técnico Tiago Nunes. O comandante anunciou sua saída após a equipe perder para o Atlético-GO por 1 a 0, na noite deste domingo (04), na Arena, em Porto Alegre. A informação foi confirmada em entrevista coletiva concedida pelo próprio Tiago além do vice-presidente do clube, Marcos Herrmann.

Ao todo, o treinador que fez 18 compromissos desde sua chegada no mês de abril em substituição a Renato Portaluppi e levou o título do Campeonato Gaúcho viu seu aproveitamento "despencar" no Campeonato Brasileiro. 

Leia também:

Se nos primeiros nove confrontos foram oito vitórias e um empate entre Copa Sul-Americana e Gauchão, depois do início da competição nacional são apenas dois triunfos com outras quatro derrotas e três resultados de igualdade entre Brasileirão e os embates nas oitavas da Copa do Brasil onde eliminou o Brasliense.

Com a demissão confirmada, as especulações mais recentes apontam para um nome de imagem histórica no Imortal em busca da recuperação na temporada onde confrontos eliminatórios pela Sul-Americana e Copa do Brasil se avizinham: Luis Felipe Scolari. 

O técnico que acumula 370 partidas dirigindo o tricolor somando todas as suas passagens está no mercado desde sua saída do Cruzeiro onde trabalhou em 21 partidas entre outubro do ano passado e janeiro de 2021.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos