Em fim de contrato, Kaká sonha com volta ao São Paulo

Após uma curta passagem que marcou não só seu retorno ao São Paulo, mas também o vice-campeonato brasileiro de 2014 ao clube, Kaká se mostrou disposto em voltar ao time que o revelou. Atualmente no Orlando City, dos EUA, o meia revelou manter contato com o agora técnico Rogério Ceni e segue acompanhando, mesmo de longe, o Tricolor.

Contratado para ajudar a promover o futebol nos EUA e peça importante no planejamento da Major League Soccer, o Campeonato Norte-Americano, Kaká iniciou no último fim de semana sua última temporada com o Orlando City. Com o fim de seu contrato se aproximando, o meia não escondeu o sonho de retornar ao clube do coração.

“Um fato difícil é ficar longe dos meus filhos, eles no Brasil e eu aqui, então, com certeza vai pesar na minha decisão final”, disse Kaká antes de comentar sobre o ex-companheiro Ceni como treinador. “Estou curtindo muito essa fase do Rogério. Ele é um cara que eu admiro e tenho um carinho. A minha torcida é para que o São Paulo continue bem, e ter ele como treinador um dia seria uma experiência muito legal”, completou em entrevista ao programa Esporte Fantástico.

Mesmo em meio a compromissos profissionais e distante do Brasil, Kaká também assegurou que segue ligado neste início do São Paulo com Rogério Ceni à beira do campo. “Eu torço a cada partida do São Paulo. Coloquei um aplicativo no celular para ir avisando o resultado e, acabando os jogos, eu mando mensagens para o Rogério dando os parabéns”.

Apesar do desejo de Kaká em retornar ao São Paulo, as chances de ele vestir a camisa tricolor ainda em 2017 é praticamente nula. Com contrato vigente, o jogador estaria “livre”, na melhor das possibilidades, apenas em outubro, quando se encerra a temporada regular da MLS. Caso o Orlando City se classifique para os playoffs, ele poderia seguir na Flórida até dezembro.