Filmes em dia e reprises: Veja o que os torcedores têm feito sem futebol

Rodrigo Portella*
LANCE!


Se tem um assunto que não saiu da boca do torcedor durante a pandemia da COVID-19 foi o futebol. Embora as notícias sanitárias e políticas tenham assumido o cenário dos assuntos mais comentados nas redes sociais, o esporte segue como uma das grandes saudades dos internautas no isolamento. A bola ainda não está autorizada a rolar no Brasil, mas, alguns dos influenciadores dos clubes cariocas abriram o jogo e contaram o que têm feito para matar a saudade dos estádios.

Entre as reprises dos confrontos históricos de Flamengo, Vasco, Fluminense e Botafogo e uma leve pausa para colocar a lista de filmes em dia, Jeferson Sales (sósia do atacante Gabigol), João Almirante, Magno Navarro e Samanta Alves, respectivamente torcedores dos times de Flamengo, Vasco, Fluminense e Botafogo, confessaram que faz falta vibrar e viver as desilusões da paixão futebolística.

Confira o que eles fizeram para substituir a adrenalina dos estádios.

Pescaria para “superar” o futebol
Sucesso nas arquibancadas pelo Brasil em 2019, Jeferson Sales,o sósia do camisa 9 da Gávea, assume que o coração sente falta de vibrar com as plaquinhas de Gabigol. Contudo, o imitador do craque afirmou que tem recebido diversos convites para participar de lives e revelou um lado mais “tranquilo” dele em alto mar.

- Confesso que está complicado, estou agoniado e entediado sem futebol. Sinto falta de receber o carinho da torcida, está difícil. Estou em casa, fico brincando com meus filhos. Também saio para pescar, mas aí vou direto do carro para o barco, depois volto. Nem tenho muito contato com o pessoal. Fiz muitas lives, principalmente nas escolinhas de futebol do Flamengo. Estou doido para que o futebol volte logo - contou ele, que explicou o carinho pelo passatempo:

- Vou pescar direto, gosto muito. Tanto mergulho como linha… Eu tenho uma lancha, mas fiquei um tempo sem pescar depois de ficar viajando. Estou cheio de saudades do futebol, quero que volte logo. Estou matando a saudade com as lives.










Sósia Gabigol pescando
Sósia Gabigol pescando
Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

Gabigol da Galeria curte folgas pescando (Arquivo pessoal)


Período de ouro na pandemia: em uma semana, Vasco é heptacampeão
Um dos grandes nomes da torcida do Cruz-Maltino no Twitter, João Almirante vibrou com o número de reprises com vitórias dos clube e as seguintes “conquistas” em menos de uma semana. Os internautas puderam curtir em um curto período de tempo os títulos brasileiros, da Libertadores e outros canecos. Contudo, ele garante que faz falta o clima das partidas do “caldeirão” São Januário.

- Sinto mais falta de ir para os jogos do que dos jogos em si, questão de jogo não está das melhores. Assisti as reprises também. Em uma semana o Vasco ganhou 5 título e foi ótimo. Nostalgia! Apesar do futebol parado, o clube está ativo na política pois é ano de eleição. Tem candidato prometendo tudo.

Outra atitude do torcedor é tentar manter uma relação saudável com as informações que fogem do esporte. Entre livros, filmes e noticiários televisivos, o vascaíno se mantém atento.

- Eu fico acompanhando muito as notícias, mas também leio bastante, assisto aos filmes. Essas coisas normais para distrair. Acho que vamos ficar muito tempo ainda sem futebol. Se em lugares que lidam bem melhor que o Brasil com a pandemia está incerta a volta, aqui ainda vai demorar muito - revelou ele.








Esporte só se for no videogame
O humorista Magno Navarro é especialista em imitar personalidades do esporte. Renato Gaúcho, Gerson Canhotinha e muitas outras figuras do futebol já receberam uma homenagem. Além de treinar novas vozes, Magno preferiu se manter próximo do futebol de uma forma que muitos torcedores optaram: usando a internet para seguir os treinos virtuais de clubes e jogando videogame.

- Minha saudade do futebol eu estou matando do jeito que sempre fiz: jogando. No videogame, claro. Acho que já passei por todas as ligas disponíveis, se tivesse o campeonato sub-15 do Sudão, já teria jogado também. E estou aproveitando que alguns clubes estão transmitindo os treinos virtuais e fazendo junto. Foi o mais próximo que já cheguei de ser um jogador profissional - disse Magno, que lembrou seu carinho pelo Tricolor.

- O que mais me deixa feliz com o trabalho é ser torcedor do Fluminense, com inúmeros jogos no Maracanã, e mesmo assim ter o carinho de todas as torcidas. Pelo meu trabalho, estou perdendo o clubismo e passando a entender o futebol de uma maneira melhor - afirmou ele ao “De casa com o L!”, projeto de lives nas redes sociais do LANCE!






Tempo livre e faculdade
Após ficar famosa dançando nas redes sociais e "torcedora cativa" no Nilton Santos, Samanta Alves começou nesta no uma nova jornada: apresentadora da "Botafogo TV", canal do clube no YouTube. No entanto, o que ninguém esperava é que os vídeos dela fossem parar tão rapidamente por conta da pandemia.

Para evitar lembrar da saudade de ir assistir às partidas do Glorioso, Samanta segue focada na faculdade. A estudante do curso de Direito divide sem tempo livre entre textos e reprises.

- Fico vendo jogos antigos que estão passando no “SporTV”, vi alguns vídeos sobre meu time no YouTube. Em relação ao futebol, é isso. Eu acompanhando essa volta da quarentena dos clubes ou não, mas só isso. Por fora disso, eu estou fazendo faculdade a distância e vivendo.

* sob supervisão de Tadeu Rocha






Ver essa foto no Instagram

O pré jogo mais civilizado que irá encontrar

Uma publicação compartilhada por Samanta Alves (@mantaalves) em 12 de Mar, 2020 às 10:47 PDT


Leia também