Filho de Zé Maria, formado no clube, Copa do Mundo... Fernando Lázaro estreia como técnico do Corinthians

·4 minuto de leitura


Desde a saída de Vagner Mancini, no último domingo, o Corinthians ainda não definiu seu novo treinador, mas essa fase de transição proporciona mais uma daquelas grandes história do futebol, que será escrita nesta quinta-feira, contra o Sport Huancayo-PER, pelo analista de desempenho Fernando Lázaro, que comandará o time na Neo Química Arena. Filho de Zé Maria, com quase duas décadas de clube e passagem pela Seleção, ele faz sua estreia como técnico.

TABELA
> Veja classificação e simulador da Sul-Americana-2021 clicando aqui

GALERIA
> Veja 30 técnicos brasileiros sem clube atualmente

Responsável pelo setor de análise de desempenho do Timão, Lázaro chegou ao Parque São Jorge em 1999, aos 17 anos, para integrar o que era o departamento de informática corintiano. Dali foi plantada a semente para a criação do setor de inteligência do clube, que virou referência no país.

Passando por vários setores dentro do Corinthians, Fernando pode absorver conhecimento de inúmeros profissionais que passaram por ali ao longo de quase duas décadas. Com um deles, Tite, ele teve a oportunidade de integrar a comissão técnica da Seleção Brasileira, quando deu um "até logo" ao Timão para acompanhar o treinador. Com ele, acabou indo para uma Copa do Mundo. Algo que o garoto de 17 anos jamais imaginaria que poderia acontecer.

- O Fernando de 17 anos não tinha a menor ideia, um dos primeiros empregos aqui, novo, sem saber o que iria fazer e foi se formando aqui dentro. O Corinthians foi minha faculdade de tudo, mais do que qualquer coisa. E nessa hora, que vem tudo de uma vez, ter passado por tudo, vários processos, ajudando na fisiologia, na preparação física, você acaba aprendendo um pouquinho - disse o analista para a Corinthians TV antes de completar:

- Eu tive muita sorte nesse tempo todo de ter muitas pessoas no caminho que ajudaram com muita informação, o clube sempre teve comissões de excelência, profissionais chegando na Seleção, em todas as épocas, peguei muita gente boa aqui. Fui sempre encostando, aprendendo, curioso, mas o Fernando de 17 anos não imaginava jamais muita coisa que aconteceu com o Fernando de 39 aqui no clube, essa oportunidade (de ser técnico), estar numa Copa do Mundo, coisa que o Fernando de 17 nunca sonhou.

Após essas experiências fora do clube, incluindo uma com Sylvinho, no Lyon-FRA, Lázaro retornou ao Timão no início deste ano para chefiar o Cifut. Mesmo com todo esse tempo de casa, uma estreia como treinador é algo que ele não poderia imaginar. Não à toa, a expectativa nesses dias em torno da partida desta quinta-feira o tem deixado com a cabeça a mil. Neste momento de transição do clube, a ordem é "simplificar" os processos com o elenco.

- É uma coisa que a gente nunca espera, é difícil dizer que está preparado, porque não é verdade, gera muita ansiedade, mas por outro lado é um desafio, acaba sendo uma oportunidade de colaborar com o clube neste momento, como foi solicitado. Feliz também por sentir essa confiança das pessoas aqui do clube, não só da direção, mas de todo mundo querendo colaborar, querendo ajudar, muito tempo de casa, conhecendo muita gente... Então é uma mistura, muita coisa, cabeça a mil o tempo inteiro e a gente tentando organizar a quantidade de informação, simplificar, entender o momento, ajustar... Os atletas estão sendo excelentes nesse aspecto, colaborando muito, estamos aprendendo, tanto tempo de casa, passinho a passinho, agora sendo uma oportunidade diferente, interessante, difícil, está sendo uma mistura.

Para completar a ligação enorme de Fernando Lázaro com o Corinthians, basta dizer que ele é filho de uma das maiores lendas da história do clube: Zé Maria, que defendeu o Alvinegro entre 1970 e 1983, com 598 jogos no período. Assim, o analista tem o Timão no sangue e aproveitou a oportunidade como interino para presentear o pai, que completou 72 anos na última terça-feira.

- Foi aniversário dele (Zé Maria), fui dar um abraço. Ele não tinha entendido muito, expliquei para ele, até tinha saído uma matéria, ele não tinha entendido, ficou todo ansioso e falou "já não vou dormir de quarta para quinta na expectativa". Ficou todo orgulhoso, feliz. Foi sensacional poder dividir, aniversário dele, foi um presente bom, momento difícil, ficando muito tempo em casa, vida diferente, ele também se ajustando... Sentir ele empolgado com a essa situação foi muito bacana, o melhor presente que eu poderia dar.

Fernando Lázaro comandará o Corinthians em um "amistoso de luxo", nesta quinta-feira, contra o Sport Huancayo-PER, às 21h30, pela quinta rodada da fase de grupos da Copa Sul-Americana. Ambos os times já não tem mais chances de classificação para as oitavas de final da competição continental.

Fernando Lázaro - Treino Corinthians
Fernando Lázaro - Treino Corinthians

Fernando Lázaro durante treino (Foto: Rodrigo Coca/Ag. Corinthians)

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos