Melhor do mundo 3 vezes, brasileira sonha ver futsal nos Jogos Olímpicos

EFE

Madri, 23 abr (EFE).- A brasileira Vanessa Pereira, melhor jogadora de futsal do mundo entre as mulheres de 2010 e 2012, revelou nesta segunda-feira em entrevista à Agência Efe ter como grande sonho profissional ver sua modalidade se tornando esporte olímpico nos Jogos de 2024, em Paris.

Entrar em quadra para uma edição dos Jogos poderia ser um encerramento em grande estilo para a carreira da ala, que já foi campeã mundial seis vezes. Para isso, se encarregou pessoalmente na causa olímpica antes do Rio 2016, quando foi conversar com o então ministro do Esporte, George Hilton.

"Ele me disse que queria colocar o futsal como exibição no Rio. Fiquei contente porque seria um primeiro passo para outros maiores. Mas não dependia só dele, somos uma moeda de troca", declarou a jogadora de 30 anos.

"Agora há duas garotas, Tatiana e Naiara, que trabalham na Confederação Brasileira (CBFS) e conhecem dirigentes da Fifa. Ser uma atleta olímpica é o meu sonho, e acredito que isso poderia ser feito depois dos Jogos da Juventude (de Buenos Aires, em outubro deste ano). Lá vai haver futsal. Esperamos que depois de Tóquio seja possível. Estar em Paris em 2024 seria incrível", afirmou.

Vanessa defende o Jimbee Roldán, quarto colocado do Campeonato Espanhol. A mineira de Patos de Minas chegou ao time da cidade de Murcia depois de ter defendido o Pescara, da Itália.

"No meu clube na Itália havia um problema de gestão, e não cumpriram o acordo que tínhamos. Fiquei cinco meses sem receber e, embora ame o futsal, trata-se de um trabalho. Diziam que pagariam 'amanhã', mas esse amanhã nunca chegava", revelou.

O futsal sempre correu em suas veias e a levou ao topo. Além de ter sido a melhor do mundo em 2010, 2011 e 2012, foi segunda colocada na premiação em 2014 e 2015 e terceira em 2017. Nas campanhas dos títulos mundiais, foi artilheira três vezes, além de ser bicampeã da Copa América.

"Os meus pais não tinham dinheiro quando eu era menina, e na minha escola, em Patos de Minas, nos deram um espaço para que a minha família vivesse lá. Enquanto os meus pais trabalhavam, os professores de Educação Física cuidavam de mim", lembrou.

"Na escola tinha todos os esportes, mas sempre ficava olhando os garotos que jogavam futsal. Não tinha time de meninas. O meu pai foi o que fez a primeira equipe de futsal feminino da cidade para ter a competição entre escolas", acrescentou.

Vanessa disse que o esporte a juntou com outros atletas e contou que é amiga de alguns ídolos do futebol do país. "Douglas Costa é muito meu amigo, e o Rafinha Alcantara também", declarou a jogadora, que contou que também conhece Thiago Alcantara e Neymar.

"Fui conhecer Neymar em Barcelona faz dois anos. É um garoto excepcional, muito simpático. Tiramos uma foto, e ele a colocou em seu Instagram", recordou. EFE


Leia também