Filha de Pelé diz que pediu aposentadoria da 10 do Santos e explica por que mudou de ideia

Kely Nascimento cuidou do pai até o último dia de vida do Rei (Foto: Reprodução/Instagram)


Filha de Pelé, Kely Nascimento usou as redes sociais para exaltar a homenagem que o Santos fará para o Rei do Futebol, neste sábado, na estreia do Paulistão. A primogênita do tricampeão mundial com a Seleção confirmou que partiu dela o pedido para que o Santos aposentasse a camisa 10.

Kely também confirmou que a família decidiu em consenso que o Rei do Futebol deveria ser velado na Vila Belmiro.

- Quando entramos em contato com Santos para dizer que queríamos que, após a morte, ele fosse direto para Vila, o lugar que ele mais amava na vida. Eu também pedi para eles aposentarem a camisa 10. Eu falei que achava que já estava passado da hora - revela.

+ Filha de Pelé posta carrossel de fotos dos últimos dias do Rei

A filha do Rei destacou que mudou de ideia ao ver o amor da torcida do Peixe pelo ídolo e por entender que meninos e meninas devem ter a chance de vestir a mítica camisa eternizada pelo maior jogador de todos os tempos.

- Aí quando ele se foi, e eu vi o quanto de amor o mundo tinha por ele, e lembrei o quanto amor ele tinha por esse jogo lindo e pelas crianças do mundo, e eu achei que não poderia ter maior homenagem a ele do que uma menina ou um menino lutando pelo sonho de um dia vestir essa camisa - destacou.

- Na verdade não sei se o Santos FC teve a intensão de realizar meu pedido, mas fico feliz que eles conseguiram enxergar o que eu, na minha tristeza, demorei para entender. Amo essa homenagem realizada, amo o Santos. Obrigada de todos nós - concluiu.

Pelé morreu no dia 29 de dezembro de 2022, aos 82 anos, vítima de falência de múltiplos órgãos, em decorrência do agravamento de um câncer no cólon direito. O Rei deixou seis filhos e a esposa Márcia Aoki.