Filha de Gloria Estefan diz que quis se suicidar após contar para a mãe que é lésbica

·2 minuto de leitura
Emilio, Emily e Gloria Estefan em junho de 2019 (Foto: Dave Benett/Getty Images)
Emilio, Emily e Gloria Estefan em junho de 2019 (Foto: Dave Benett/Getty Images)

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Gloria Estefan, 63, e a filha Emily Estefan, 25, falaram sobre a reação da cantora quando a filha saiu do armário e contou ser lésbica. Foi durante um episódio da série ‘Red Table Talk: The Estefans’, que elas estão estrelando no Facebook Watch.

Baixe o app do Yahoo Mail em menos de 1 minuto e receba todos os seus e-mails em um só lugar

Siga o Yahoo Vida e Estilo no Google News

Siga o Yahoo Vida e Estilo no Instagram, Facebook e Twitter

“Eu falei tipo: 'Então, estou apaixonada por essa garota.' A primeira coisa que você disse foi: 'Se você contar para sua avó e ela morrer, o sangue dela está nas suas mãos'. Eu simplesmente não estava pronta para isso”, relata a garota. “Sei que minha avó era velha, mas fazia parecer que, seja o que for, esconda. Não está tudo bem. Foi aí que meu sofrimento começou. Nunca vou esquecer.”

Leia também

A cantora contou sua versão da história. “Minha mãe e eu tínhamos um relacionamento complicado”, afirma. “Ela era controladora e determinada em seus caminhos. Em um ponto, ficamos até separadas por dois anos. Eu estava tentando proteger minha mãe doente de um choque que poderia afetar sua saúde e Emily de qualquer coisa que pudesse prejudicar o relacionamento entre elas.”

Gloria chegou a sugerir que a filha apresentasse a namorada como uma amiga. Porém, após o episódio, a filha começou a sofrer com depressão e chegou a pensar em tirar a própria vida.

"Eu fui suicida", diz. “As coisas que eu estava enfrentando no momento eram tão paralisantes que eu não conseguia ver nada além da dor.”

Emily disse que ainda se sente triste por não ter revelado sua sexualidade à avó antes dela morrer. "Curiosamente, acho que ela teria levado de um jeito melhor do que todos vocês", avalia.

Sobre o pai, o produtor musical Emilio Estefan, ela disse que a reação foi mais despreocupada. "Ele disse: 'Escute, eu não me importo, não importa. Este país é sobre sonhos'. O problema do papai é que você, você sabe, ele não quer ferir os sentimentos de ninguém. Acho que ele estava tentando ter certeza de que suas meninas estavam bem."

Gloria afirmou que atualmente encara a sexualidade da filha de forma tranquila. "Você sabe que eu a aceito e amo?", pergunta. "Sim, absolutamente", responde Emily. "Você sempre me amou e foi essa força para mim."