Figueiredo projeta mais gols pelo Vasco: 'As coisas vão melhorando'; Juninho diz que previu o golaço

Figueiredo chegou ao 47º jogo pelo time profissional do Vasco (Foto: Daniel Ramalho/Vasco)


O gol que demorou 47 jogos para sair surpreendeu a torcida e a própria carreira de Figueiredo. O primeiro do atacante de 20 anos como profissional nasceu de uma cobrança de falta ensaiada. E a revelação do Vasco admite: só passou a treinar finalizações do tipo recentemente. E ainda deu a vitória ao time.

- Graças a Deus saiu assim. Na base, eu nunca fui bater de falta, mas, agora, estou treinando bastante, ainda mais com a ajuda do Nene, que é um verdadeiro cobrador. As coisas vão melhorando, se consertando e, se Deus quiser, vou fazer mais gols - projetou o atacante.

Na cobrança, Figueiredo recebeu de Nene e chutou com muita força. A bola, no entanto, não foi num dos ângulos, onde, em tese, é mais difícil para os goleiros. O mérito, de acordo com o atacante, se deu pelo fator surpresa.

- Todas as faltas, os goleiros já sabem que é o Nene quem bate, e a qualidade que ele tem. Acho que o goleiro não esperava - admitiu.

-> Confira a tabela da Série B do Campeonato Brasileiro

Companheiro de elenco e de formação na base do Vasco, Juninho comemorou junto. Na hora do gol, o meio-campista ainda estava junto aos reservas - entraria no segundo tempo - e previu a abertura do placar.

- Para mim, tem uma importância muito grande vê-lo fazer esse gol porque torcemos pelo Figueiredo. Há quanto tempo ele vem tentando fazer um gol e não tinha acontecido. Antes de ele bater a falta eu falei com os moleques: "Vai ser gol". Porque já era uma jogada ensaiada - revelou, antes de emendar:

- Fico muito feliz por ele ter ganhado o prêmio de melhor jogador em campo também. Subimos da base juntos. Hoje, poder ver ele realizando um sonho é muito importante - completou.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos