Figueiredo afirma que virada deixou o Vasco mais forte na briga pelo acesso

Figueiredo será titular diante do Novorizontino, nesta sábado, em São Januário (Joel Silva/LANCE!)


O clima leve e descontraído marcou a entrevista coletiva do atacante Figueiredo, a segunda na sua carreira profissional pelo Vasco. Com 21 anos, o jogador ainda está experimentando as sensações da profissão e destacou a vitória de virada, sobre o Operário, por 3 a 2, como a partida mais emocionante até o momento.

- Essa virada para mim foi marcante. Tinha muito tempo que não conquistávamos uma virada. Também não vínhamos conseguindo os resultados fora de casa então para mim a virada foi o jogo mais emocionante que tive no profissional. Foi surreal. Acreditamos até o final. O Sport fez o resultado e estava chegando em nós e isso deixou ainda mais marcante e com certeza nos deixou mais forte para buscar nosso objetivo.

Figueiredo foi determinante na partida, ao contribuir com a assistência do segundo gol do Vasco, o primeiro marcado por Alex Teixeira. Na ocasião, o atacante estava atuando de lateral-direito e afirmou que está disposto a ajudar o time na posição que for.

- Geralmente eu jogo de ponta, então fazemos muito esses cruzamentos na área e o Alex Teixeira estava no lugar certo na hora certa e foi bem também. A gente está em reta final de competição e onde eu puder jogar, vou dar o máximo para ajudar a conquistar o acesso.

No próximo sábado, o Vasco enfrenta o Novorizontino, em São Januário. O adversário é o único desta reta final que não briga pelo acesso e está lutando para não cair. Figueiredo minimizou a situação do rival e espera um jogo difícil.

- Todo jogo é difícil. Todos dão o máximo contra o Vasco, mas a vontade deles não pode ser maior que a nossa. Nada vai nos atrapalhar em conquistar o acesso para a Série A - concluiu.

Com 52 pontos, o Vasco é o 4º colocado da Série B, três pontos de vantagem para o Sport, que vem logo em seguida na tabela de classificação.