Fifa vai suprimir comitês locais de organização de Mundiais

(Arquivo) A secretária-geral da Fifa, Fatma Samoura

A secretária-geral da Fifa, Fatma Samoura, declarou que a entidade vai assumir o controle total da organização das Copas do Mundo a partir de 2026, no lugar dos comitês locais.

"Nós organizaremos o Mundial de 2016. Não queremos criar estruturas novas do zero a cada quatro anos", declarou Samoura, em entrevista ao jornal russo Vedomosti realizada em março e publicada nesta quarta-feira.

Para ela, o novo sistema vai permitir que a Fifa controle melhor "a organização e eficácia" dos futuros Mundiais.

"Queremos ter uma equipe profissional permanente que terá todas as qualidades e se unirá com o saber local", precisou a dirigente, ex-diplomata senegalesa que se tornou a primeira mulher a ocupar o cargo de secretária geral da Fifa.

Em documento publicado em outubro de 2016, intitulado "Fifa 2.0: uma visão para o futuro", a maior entidade do futebol explicaou as ideias de progresso, que buscam "gerar mais receita, minimizar gastos e ser mais eficaz".

Os comitês locais da organização "criam redundâncias e ineficácias que, em algum momento, geram problemas de orçamento", indicou o documento.