Fifa vai abolir comitês organizadores e assumir organização da Copa

A secretária-geral Fatma Samoura informou que a Fifa irá assumir o controle da preparação da Copa do Mundo a partir do evento de 2026, primeira edição do Mundial que terá 46 equipes. Com isso, a entidade máxima do futebol abole os comitês organizadores e centraliza o controle da organização do evento.

“Nós iremos organizar a Copa do Mundo de 2026. Não queremos ficar criando estruturas a cada quatro anos”, disse a executiva para o jornal russo Vedomosti, nesta quarta-feira. Ela ainda acrescentou que, com essa medida, o órgão regulador do futebol mundial espera ter maior controle e “eficiência na organização”.

Leia mais:

Em evento com presença de Cafu, patrocinadora exibe taça da Copa de 2018

Candidatura dos Estados Unidos para Copa de 2026 pode ser barrada

International Board avalia auxílio de vídeo para Copa de 2018

Para chegar a esse objetivo, a Fifa criará “uma equipe profissional permanente irá juntar todas as autoridades locais”. Em documento divulgado em outubro de 2016, intitulado “Fifa 2.0”, a entidade máxima do futebol já indicava que seguiria este caminho para buscar “gerir mais as receitas, reduzir os custos e ser mais eficiente”.

Durante a Copa do Mundo de 2010 na África e 2014 no Brasil, a Fifa interveio diversas vezes para denunciar os atrasos nas obras necessárias para a realização da competição.