Fifa proíbe emissoras de TV de mostrarem 'torcedoras bonitas' nas transmissões da Copa

Yahoo Esportes
Federico Addiechi é chefe do departamento de responsabilidade social da Fifa. Foto: Getty Images
Federico Addiechi é chefe do departamento de responsabilidade social da Fifa. Foto: Getty Images

A Fifa tomou uma medida bastante polêmica para tentar reduzir e coibir os casos de assédio que vem acontecendo na Copa do Mundo da Rússia. A entidade exigiu que as emissoras de televisão reduzam as filmagens que mostram torcedoras atraentes e sedutoras durante as duas partidas restantes da Copa do Mundo.

Você já viu o novo app do Yahoo Esportes? Baixe agora!

O chefe do departamento de responsabilidade social da Fifa, Federico Addiechi, usou como argumento para justificar a proibição o fato de que os casos de sexismo na Rússia foram mais comuns que os de racismo. Cerca de 45 denúncias sexuais foram registradas até agora no país sede, ao longo da Copa.  

A Fifa ainda disse que a decisão era fruto de uma “evolução normal”, já que, em comparação com a Copa anterior, as filmagens dos jogos tiveram melhora de qualidade.

Leia também:
Modric celebra resposta na bola aos ingleses e lamenta saída de CR7
Luís Roberto faz confusão e chama jogador inglês de ‘stripper’
Marcelo publica texto emocionante em despedida de Cristiano Ronaldo

Leia também