Fifa proíbe Olympique de Marselha de contratar durante um ano devido a transferência de Pape Gueye

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
·1 min de leitura
O jovem senegalês Pape Gueye em jogo do Olympique de Marselha contra o Galatasaray na Liga Europa em Istambul, em 25 de novembro de 2021 (AFP/OZAN KOSE) (OZAN KOSE)
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
  • Marseille
    Marseille
    Ao VivoHojeAmanhãx--|

O Olympique de Marselha foi sancionado pela Fifa, e não poderá fazer contratações durante um ano, devido à aquisição do meio-campista senegalês Pape Gueye, conforme apurou a AFP de uma fonte próxima, confirmando informações do jornal L'Equipe.

O Marselha pode recorrer desta decisão da Fifa. O procedimento foi aberto pelo inglês Watford, com quem Gueye tinha contrato antes de assinar com o clube francês da Ligue 1.

Além disso, o OM foi multado em "pouco mais de dois milhões de euros (US$ 2,28 milhões)", segundo a mesma fonte.

Já o jogador foi suspenso por quatro meses de todas as competições oficiais, tanto pelo Olympique de Marselha quanto pela seleção de Senegal.

Na sexta-feira ele não pôde jogar com sua seleção na Copa Africana das Nações contra Guiné (0-0).

Gueye havia assinado um pré-contrato com o Watford que ele rompeu de forma unilateral para assinar com o OM.

Tanto o jogador quanto o Olympique de Marselha podem recorrer ao Tribunal Arbitral do Esporte.

stt/hpa/iga

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos