Fifa manifesta condolências por morte do presidente da Federação Boliviana de Futebol

·1 minuto de leitura
César Salinas (à esq.), presidente da Federação Boliviana de Futebol, faleceu vítima da COVID-19
César Salinas (à esq.), presidente da Federação Boliviana de Futebol, faleceu vítima da COVID-19

O presidente da Fifa, Gianni Infantino, manifestou suas condolências à Federação Boliviana de Futebol (FBF) nesta segunda-feira pela "perda trágica" de seu presidente, César Salinas, devido ao coronavírus.

Salinas, de 58 anos, morreu no domingo após ficar internado desde 9 de julho em uma clínica em La Paz.

Presidente da FBF desde 2018, Salinas "contribuiu decisivamente para a reestruturação do futebol e a promoção de nosso esporte e seus valores únicos na Bolívia e na América do Sul", escreveu Infantino em carta dirigida à FBF.

O chefe do futebol mundial descreveu Salinas como "um administrador exemplar do futebol, dirigente e empresário de sucesso" e o considerou "um homem comprometido com o esporte".

Salinas também presidiu o clube boliviano The Strongest.

Sua esposa, Inés Quispe, é a atual presidente do clube da primeira divisão e também está em quarentena devido ao coronavírus em sua casa em La Paz.

Com 11 milhões de habitantes, a Bolívia se aproxima dos 58.136 casos de COVID-19 e registrou 2.151 mortes.