Fifa lamenta suspensão de Brasil x Argentina e abre investigação

·1 minuto de leitura
Servidores da Anvisa conversam com Messi e Neymar dentro de campo (Foto: MB Media/Getty Images)
Servidores da Anvisa conversam com Messi e Neymar dentro de campo (Foto: MB Media/Getty Images)

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - A Fifa se pronunciou na manhã desta segunda-feira (6) sobre a suspensão do confronto entre Brasil e Argentina, no domingo (5), em São Paulo, pelas Eliminatórias, após agentes da Anvisa entrarem no gramado e interromperem a partida. 

A entidade que comanda o futebol mundial lamentou o ocorrido na Neo Química Arena e disse que irá analisar os relatórios oficiais do jogo para realizar uma investigação. 

Leia também:

"A Fifa lamenta as cenas anteriores à suspensão da partida entre Brasil e Argentina pelas Eliminatórias sul-americanas para a Copa do Mundo de 2022, que impediram milhões de torcedores de desfrutar de uma partida entre duas das mais importantes nações de futebol do mundo", disse a Fifa, em nota. 

"Os primeiros relatórios oficiais da partida foram enviados à Fifa. Estas informações serão analisadas pelos órgãos disciplinares competentes e uma decisão será tomada no devido tempo", completou a entidade. 

O duelo entre Brasil e Argentina foi interrompido aos 6 minutos de jogo, depois que agentes da Anvisa entraram em campo para ordenar a retirada de quatro atletas argentinos que teriam descumprido normas sanitárias de quarentena ao entrarem no país. 

Após a interrupção, com os jogadores alvicelestes no vestiário, a Conmebol anunciou a suspensão do duelo, válido pelas Eliminatórias para a Copa do Mundo. 

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos