Fifa estuda limite de idade para o futebol feminino nas Olimpíadas

·2 min de leitura
Canadá conquistou o ouro olímpico em Tóquio. Foto: Loic Venance/AFP via Getty Images
Canadá conquistou o ouro olímpico em Tóquio. Foto: Loic Venance/AFP via Getty Images

No início da semana, a Fifa apresentou aos filiados à entidade algumas propostas relacionadas ao futebol feminino. Em uma delas, a federação estuda limitar a idade-limite das jogadoras nos Jogos Olímpicos, assim como faz no futebol masculino.

Outra ideia da autoridade máxima do futebol é realizar a Copa do Mundo feminina a cada dois anos, mesma proposta que tem sido pensada para o futebol masculino. Nesse caso, o Mundial seria realizado em anos ímpares enquanto as Olimpíadas acontecem em anos pares. O problema estaria nos torneios continentais, que seriam realizados nas mesmas temporadas que os Jogos Olímpicos.

Leia também:

"Devido ao aumento dos torneios finais continentais que seriam realizados a cada dois anos é sugerido que se discuta a idade para o futebol feminino nas Olimpíadas. Uma proposta que poderia ser analisada é que se torne sub-23, como no masculino, o que ajudaria no desenvolvimento das jogadoras", escreveu a Fifa em comunicado às filiadas.

"As Olimpíadas podem representar uma plataforma ideal para oferecer uma ponte crucial entre o feminino sub-20 e o profissional e, em última análise, aumentar o número de oportunidades de jogo para jogadoras nesta categoria de idade (20 a 23 anos)", continua o relatório.

A Fifa também declarou que pensa em readequar as chamadas datas-Fifa, períodos em que os clubes são obrigados a liberarem as atletas para defenderem as seleções. A entidade acredita que o formato atual sobrecarrega as jogadoras, já que são seis meses de janela para datas-Fifa: fevereiro, abril, junho, setembro, outubro e novembro.

A ideia da federação é diminuir o número de janelas, mas aumentar o período de cada uma para que as jogadoras possam ter mais tempo hábil para recuperação. Há duas propostas na mesa. Na primeira, a janela teria dois meses, com 29 dias; já na segunda, o período seria de cinco meses, com 13 dias de liberação das jogadoras em cada.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos