Fifa divulga arbitragem para a Copa do Mundo Feminina com quatro brasileiras

Edina Alves representará o Brasil na Copa do Mundo Feminina (Foto: Reprodução/Fifa)


A Fifa divulgou nesta segunda-feira os nomes da arbitragem da Copa do Mundo Feminina de 2023. Quatro brasileiras estão na lista e vão representar o Brasil no Mundial que acontece na Austrália e na Nova Zelândia entre julho e agosto.

Entre as brasileiras estão a árbitra Edina Alves, as auxiliares Neuza Back e Leila Moreira, e a árbitra de vídeo Daiane Muniz dos Santos.

+ Técnico do Al Nassr revela data de estreia de Cristiano Ronaldo

Na lista da arbitragem do Mundial, são 33 árbitras e 55 auxiliares mulheres. Somente no VAR terá homens, 13 dos 19. É a primeira vez que uma Copa do Mundo terá árbitras de vídeo mulheres.

Os escalados para a Copa do Mundo vão participar de seminários durante os meses de janeiro e fevereiro em Doha e Montevidéu, no Uruguai. Os árbitros irão revisar lances e realizar treinamentos dentro de campo em preparação para o Mundial.

O Brasil está no Grupo F ao lado de França, Jamaica e uma seleção que virá da repescagem, que pode ser Paraguai, Taiwan, Papua Nova Guiné ou Panamá.