Fifa anuncia que coletará dados de jogos e oferecerá análises às seleções

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - A Fifa divulgou a composição do Grupo de Estudos Técnicos que fornecerá análises de todas as partidas da Copa do Mundo do Qatar.

Ele é liderado pelo chefe de desenvolvimento global de futebol da Fifa, o ex-técnico do Arsenal Arsène Wenger, e terá o ex-treinador Alberto Zaccheroni (Itália) e os ex-jogadores Jürgen Klinsmann (Alemanha), Cha Du-ri (Coreia do Sul), Sunday Oliseh (Nigéria), Faryd Mondragon (Colômbia) e Pascal Zuberbühler (Suíça).

Durante o Mundial, a Fifa compartilhará métricas e dados de desempenho com as 32 seleções participantes e seus jogadores, que terão suas ações em campo analisadas. Mais de 15 mil dados serão coletados por jogo.

"Não apenas coletaremos mais dados do que antes, mas também buscaremos encontrar o equilíbrio certo entre conhecimento técnico e dados. E queremos informar as pessoas sobre nossas observações técnicas durante o torneio, não meses depois", afirmou Wenger.