Fifa abre expediente disciplinar contra o México por cânticos de seus torcedores

A Fifa abriu nesta quarta-feira um expediente disciplinar contra a Federação Mexicana de Futebol (FMF) por cânticos "ofensivos" de alguns de seus torcedores na estreia da equipe na Copa do Mundo, no empate em 0 a 0 com a Polônia.

É a segunda medida deste tipo tomada pela Fifa durante o Mundial, depois da aplicada contra o Equador na terça-feira.

A organização não especificou quais são os cânticos dos torcedores mexicanos durante o jogo.

A medida, explicou a Fifa, é fundamentada no artigo 13 de seu Código Disciplinar, que pune "ofensas à dignidade ou à integridade de um país, pessoa ou grupo com palavras pejorativas, discriminatórias ou injuriosas".

A punição para tal infração pode ser de "suspensão de dez jogos", quando se trata de um jogador ou dirigente", ou multa de "pelo menos 20 mil francos suíços" e um jogo parcialmente fechado para o público quando se trata de uma federação.

cfe/gbv/psr/cb