Fica ou vai embora? Bellintani explica a situação do zagueiro Conti

·1 min de leitura


O zagueiro Conti é um dos melhores jogadores do Bahia ao longo da temporada e a diretoria trabalha firme em sua permanência.

+ Veja no aplicativo do LANCE! o resultado dos jogos da rodada

Para ficar com o argentino, o Tricolor precisa quitar uma dívida de 2 milhões de euros, algo inviável no orçamento do Tricolor.

Em conversa com a TV Globo, o presidente Guilherme Bellintani abriu o jogo e explicou a situação do jogador.

‘O Bahia não tem a menor condição de exercer uma compra de dois milhões de euros por qualquer jogador que seja. É de conhecimento público que tivemos um déficit de R$ 50 milhões no ano passado. Sem o público, a gente perdeu uma receita de sócios, saímos de 46 mil para 14 mil. Perdemos muita receita em venda de jogador. O nosso objetivo é equilibrar as contas. Não faremos nenhuma loucura. Gosto de fazer investimentos, mas sou muito responsável com as contas do clube. Não temos condição de exercer o que está no contrato. Eu fui a Portugal, cheguei há uma hora de Lisboa. Foi uma primeira conversa, foi positiva, mas ainda distante de um fechamento concreto, porque o Benfica investiu quatro milhões de euros na compra do jogador e quer ter algum retorno desse investimento’, disse.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos