Fica no Vasco? Rossi rescinde com o Shenzhen e fica livre no mercado

Felippe Rocha
LANCE!
Rossi não ficará no Vasco em 2020 (Foto: Rafael Ribeiro/Vasco)
Rossi não ficará no Vasco em 2020 (Foto: Rafael Ribeiro/Vasco)


A negociação é difícil, mas não impossível. O atacante Rossi pode continuar no Vasco, como pareceu improvável semanas atrás. O atacante rescindiu o contrato que tinha com o Shenzhen (CHN) - esteve no Cruz-Maltino, em 2019, por empréstimo - e agora está livre no mercado, conforme revelado primeiramente pelo perfil no Twitter "Detetives vascaínos".

Apesar do interesse mútuo, a continuidade de Rossi em São Januário não é certa. Outros clubes têm interesse no jogador, embora, oficialmente, negociações possam ter início somente nesta quinta, após o fim do vínculo do atacante com o clube asiático. Fora que há salários em atraso, como também com outros atletas que defenderam o Vasco na última temporada.

O Vasco sempre entendeu que a manutenção do jogador era difícil e demandava criatividade. A opção surgiu, mas o clima no clube é de dúvidas em relação ao caso. A contratação de um extremo, posição ocupada por Rossi em 2019, já era prioridade cruz-maltina nesta janela de transferências mesmo antes da saída de Vanderlei Luxemburgo.

Por outro lado, o próprio jogador declarou que tinha o desejo de continuar. Em entrevista ao canal no Youtube, gravada no fim do ano passado, mas publicada nesta quinta-feira, Rossi revela o carinho e o desejo de prosseguir na Colina.

- Procuro me entregar em campo e foi um namoro bem bacana que eu espero transformar em casamento. Espero porque a gente sabe que o contrato está acabando e vou fazer de tudo para ficar no Vascão ano que vem - revelou.








Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

Leia também