FIBA autoriza uso do véu islâmico por jogadoras

A Federação Internacional de Basquete (FIBA) autorizou o uso do véu islâmico para as jogadoras, anunciou nesta quinta-feira o entidade, que se reuniu em Hong Kong, depois de um longo processo de revisão que começou em setembro de 2014

A Federação Internacional de Basquete (FIBA) autorizou o uso do véu islâmico para as jogadoras, anunciou nesta quinta-feira o entidade, que se reuniu em Hong Kong, depois de um longo processo de revisão que começou em setembro de 2014.

"O escritório central aprovou a proposta apresentada pela Comissão Técnica que autoriza o uso do véu para as jogadoras", indicou a FIBA em um comunicado.

"A nova regra foi desenvolvida para minimizar o risco de lesões e preservar a uniformidade da cor com o restante do uniforme", acrescenta a nota.

Esta decisão, que ainda tem de ser ratificada na sexta-feira em um congresso da FIBA, entrará em vigor em 1º de outubro de 2017.

Em 2014, o Catar retirou sua equipe feminina dos Jogos Asiáticos porque não era permitido usar o véu por razões de segurança.

Outros esportes, como o futebol, também proíbem a sua utilização.