Ferrari tenta retorno de um dos grandes nomes da história da escuderia

·2 min de leitura
Jean Todt deixou cargo na FIA recentemente e pode voltar à Ferrari. Foto: Joe Klamar/AFP via Getty Images
Jean Todt deixou cargo na FIA recentemente e pode voltar à Ferrari. Foto: Joe Klamar/AFP via Getty Images

Equipe mais vitoriosa e bem-sucedida da história da Fórmula 1, a Ferrari não vive seus melhores dias. Sem conquistar um título de pilotos desde 2007, quando o finlandês Kimi Raikkonen ficou com a taça na última corrida e desde 2008 sem ganhar o mundial de construtores, a escuderia italiana pode apelar para um velho conhecido para voltar ao lugar mais alto do pódio.

Segundo a imprensa especializada em automobilismo, puxada pela revista “AutoHebdo”, o francês Jean Todt, que deixou a presidência da FIA (Federação Internacional de Automobilismo) há algumas semanas, está negociando sua volta à Ferrari.

Leia também:

Ele voltaria a equipe que trabalhou entre 1993 e 2007, época que promoveu uma verdadeira reconstrução da escuderia e conquistou cinco títulos com Michael Schumacher entre 2000 e 2004, além da conquista de Kimi Raikkonen, no ano da sua despedida.

Também no período em que foi o chefão da Ferrari, a equipe ficou com sete títulos do mundial de construtores.

Todt que já está com uma idade avançada, 75 anos, retornaria para fazer outra revolução na equipe e assim tentar colocar o time novamente nas primeiras posições. A ideia é que o francês faça uma função parecida com a de Niki Lauda na Mercedes, como um conselheiro da equipe. Um dos exemplos do sucesso do falecido ex-piloto austríaco foi a contratação de Lewis Hamilton para o time alemão, em 2012.

Apesar do terceiro lugar em 2021, a Ferrari fez pouco mais que a metade dos pontos da Mercedes, campeã de construtores na última temporada.

Entre os pilotos, Carlos Sainz foi o quinto e Charles Leclerc o sétimo. A dupla permanece no cockpit da equipe do carro vermelho em 2022.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos