Ferrari apresenta o SF1000 para a temporada de 2020 da Fórmula 1

AFP
O novo SF1000, que a Ferrari espera que traga o primeiro título mundial de pilotos desde 2007
O novo SF1000, que a Ferrari espera que traga o primeiro título mundial de pilotos desde 2007

Presente desde o início da Fórmula 1, a Ferrari apresentou nesta terça-feira em Reggio Emilia (norte da Itália) seu novo carro, o SF1000, nomeado assim devido ao número de Grandes Prêmios que a escuderia italiana vai alcançar nesta temporada.

"É um ano muito especial. São 70 anos de F1, nos quais participamos desde o início e alcançaremos os 1000 Grandes Prêmios, algo incrível", disse o engenheiro Mattia Binotto, o chefe da equipe.

Para a ocasião, a 'Scuderia' quebrou suas tradições e apresentou seu novo carro de corrida fora de Maranello, no palco do teatro Romolo Valli de Reggio Emilia.

Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

"É um lugar muito importante para o nosso país. É nesta cidade que a bandeira tricolor foi criada, transformada na da Itália. E a Ferrari se orgulha da Itália e representa a Itália", disse John Elkann, presidente do grupo Ferrari.

Mais estreito que o SF90 da última temporada, e com um vermelho mais escuro, o SF1000 terá a missão de fazer a equipe acreditar na conquista de títulos que não chegam há muito tempo: 12 anos no mundial de pilotos e 11 no de construtores.

"Ainda precisamos progredir, principalmente em termos de confiabilidade", disse Binotto, lembrando que a Ferrari, assim como todas as outras equipes, teve que enfrentar "o duplo desafio" de se preparar ao mesmo tempo para a próxima temporada e a seguinte, onde um novo regulamento entrará em vigor.

Os dois pilotos da Ferrari, o alemão Sebastian Vettel e o monegasco Charles Leclerc, se mostraram impacientes para pilotar o novo veículo, que chegará à pista de Barcelona na próxima semana para os treinos da pré-temporada.

"Gosto muito. É muito mais estreito do que no ano passado e é mais vermelho. Estou impaciente para pilotá-lo. É ainda mais fascinante do que vê-lo", disse Vettel.

"Agora conheço a equipe, o carro, as pessoas", disse Leclerc, que na última temporada conquistou duas vitórias e um quarto lugar na classificação do campeonato.

"Será um belo desafio. Estou pronto para aprender com meus erros e me tornar um piloto ainda melhor", acrescentou.

Leia também