Fernando Saraiva comunica saída da Globo e 'filosofa' sobre 'objetivos que não podem mais ser alcançados'

·1 minuto de leitura


Fernando Saraiva, um dos repórteres esportivos mais longevos da Globo, comunicou que deixa a emissora 'em comum acordo' após 22 anos. O profissional listou, com orgulhos, as conquistas que teve na casa durante os anos de profissão.

Depois de 22 anos de trabalho, cheguei a um acordo pra deixar o Grupo Globo. Puxa, 22 anos, metade da minha vida. Nesse tempo, consegui realizar a maioria dos meus objetivos profissionais: conheci mais de 50 países, cobri Copa do Mundo, Olimpíadas, mais de 10 campeonatos mundiais fora do Brasil, fui correspondente internacional, apresentador - iniciou.

Tenho um orgulho gigantesco da carreira que construí com ética, suor e resiliência. E esse orgulho ninguém jamais vai me tirar - afirmou.

+ Veja a tabela do Brasileirão!

Por fim, o repórter deixou uma reflexão do filósofo chinês Confúcio que fala sobre ajustar etapas quando objetivos não podem mais ser alcançados.

- "Quando é óbvio que os objetivos não podem mais ser alcançados, não ajuste as metas, mas sim as etapas da ação" É pra frente que se anda! Sejam felizes!!!! - concluiu.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos