Fernando Prass projeta confronto contra o Palmeiras pela Copa do Brasil: 'Imagino dois grandes jogos'

LANCE!
·2 minuto de leitura


Nesta quarta-feira, Ceará e Palmeiras iniciam o confronto de 180 minutos que definirá um dos semifinalistas da Copa do Brasil. E um dos personagens principais desse embate será Fernando Prass, goleiro do clube cearense que já conquistou o torneio duas vezes, em 2011 e 2015. O segundo, inclusive, com a camisa do Palmeiras, seu próximo adversário.

Atento ao momento do futebol, que não poderá contar com a força das respectivas torcidas, Fernando Prass falou sobre a expectativa dos confrontos pela competição nacional. O goleiro reconheceu o favoritismo do Palmeiras, mas crê em uma classificação cearense para a próxima fase.

- Daqueles tantos clubes que começaram a competição sobraram apenas oito. Teremos um grande duelo com o Palmeiras e a expectativa é muito boa para esse jogo. Uma pena é a falta de público, principalmente na Copa do Brasil, que é um torneio muito emocionante. Estamos imaginando dois grandes jogos. O Palmeiras é o favorito, mas por que o Ceará não pode pensar em passar para uma semifinal? - indagou o arqueiro do Vozão.

Prass salientou também a importância dos goleiros nestes embates específicos de uma competição mata-mata, como a Copa do Brasil. Para o jogador, tudo conta, desde a preparação mental até os materiais adequados para entrar em campo. Prass falou sobre a escolha de suas luvas, fabricadas pela Poker, que fornece material para os goleiros de seis dos oito clubes das quartas de final.

- A posição do goleiro requer erro mínimo, erro zero. Uma vaga que pode ser decidida nos pênaltis mostra a importância de estar bem preparado. Então, precisamos do melhor material possível e as luvas da Poker, independente do modelo, nos trazem essa qualidade e segurança.

A partida de ida entre Palmeiras e Ceará será disputada nesta quarta-feira, às 16h30 (de Brasília), no Allianz Parque, em São Paulo. Já a volta está marcada para a quarta-feira seguinte (18), às 19h, na Arena Castelão.