Fernando Diniz reclama da arbitragem no empate entre Vasco e Cruzeiro: ‘Ele sequer foi lá checar’

·1 minuto de leitura


O Cruzeiro arrancou um empate por 1 a 1 com o Vasco, no final da segunda etapa, em São Januário, pela Série B. A equipe cruzmaltina chegou a fazer o 2 a 0 mas o gol foi anulado pelo árbitro André Luiz de Freitas Castro. Em entrevista coletiva, o treinador Fernando Diniz ficou na bronca com a arbitragem após a partida.

> Confira a tabela e os jogos da Série B

- Como a vida, vamos conjecturar, mas não vamos conseguir explicar. Se é interpretativo, ele (o árbitro) tem que ir ver, ele sequer foi lá checar. A origem da falta que gerou o escanteio e o gol, Léo Jabá foi tentar antecipar, para mim foi limpo. Nós estávamos com o time mais alto possível provavelmente em campo. Não tem muito o que explicar, só lamentar - ressaltou Fernando Diniz.

O resultado de empate é ruim para o Vasco. A equipe subiu para a nona posição, mas possui, agora, um jogo a mais na competição. O cruzmaltino está a 7 pontos do G4 da Série B. Fernando Diniz também comentou que é preciso seguir com esperança na luta do clube pelo acesso à Série A do Brasileirão.

+ Veja os gols do empate entre Vasco e Cruzeiro pela Série B

- Tenho um desejo muito grande de ajudar o Vasco. Estamos fazendo o possível. É seguir acreditando. O sentimento é de frustração. O time jogou para vencer e, hoje, jogamos com posse, quando teve que recuar, recuamos. Eles tiveram um lance no primeiro tempo, o gol e mais nada. Nós temos que continuar acreditando e procurar vencer o próximo jogo - disse o treinador.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos