Fernando Diniz comenta a volta de Bruno Marques ao time do Santos

·2 minuto de leitura


O atacante Bruno Marques voltou a participar de um jogo pelo Santos. Como Kaio Jorge ficou fora do duelo contra o Juazeirense, nesta quarta-feira, na Vila Belmiro, pelas oitavas de final da Copa do Brasil, o jogador voltou a ser relacionado nas partidas do técnico Fernando Diniz.

Na virada do primeiro tempo para a segunda etapa, o treinador Fernando Diniz colocou o jogador. A ausência do atleta de 1,94 m de altura foi questionada nas últimas partidas pelo alto número de cruzamentos para a área do Santos. Contra o Atlético-GO, no último domingo, o Santos bateu o recorde de lançamentos na área em uma partida do Campeonato Brasileiro.

- Todo mundo do elenco pode jogar. Bruno conquistou essa oportunidade nos treinos. Estava voltando de lesão quando eu cheguei e hoje eu achei que era importante tê-lo para um cenário semelhante ao do Atlético-GO, ele entrou e contribuiu. E criar oportunidades não tem a ver com centroavante necessariamente. Hoje jogaram com linhas muito baixas. Então o jogo acabou sendo mais para os lados, gerando cruzamentos - comentou Diniz.

O treinador também falou sobre a dificuldade para furar um bloqueio tão fechado, como nas partidas contra Juventude, Sport, Atlético-GO e, agora, contra a Juazeirense, todas na Vila Belmiro.

- Todo mundo usa no mundo inteiro (os cruzamentos). Tinham seis congestionando a entrada da área... Tem que insistir por ali na entrada da área, até podendo tomar contra-ataque, e por isso tínhamos que chegar pelos lados. Tivemos cruzamentos perigosos e muitas chances. Finalidade do jogo é o gol. Se é pelos lados, tem que ser pelos lados, mas pode ser por dentro. Tivemos penetração, chute de fora da área...Temos que ter repertório pelos lados contra equipes de linhas baixas e isso facilita, porque o jogo acaba acontecendo mais por ali. Tivemos muita gente na área. Pode facilitar com um jogador mais alto, mas não precisa cruzar mais por ter um 9. A bola tem que ser bem cruzada e termos muita gente ali - comentou Fernando Diniz.

O Santos volta a campo para enfrentar a Chapecoense no domingo, às 18h15, na Arena Condá, pela 14ª rodada do Campeonato Brasileiro. A volta contra Juazeirense será no próximo dia 5, quarta-feira, na Bahia - o Peixe pode perder por até três gols de diferença que ainda assim avançará às quartas de final.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos