Fernando Diniz celebra vitória e explica escolha por reservas: 'É hora de dar entrosamento'

Fernando Diniz está de contrato renovado com o Fluminense para 2023 (Foto: Marcelo Gonçalves / Fluminense)


Após mais uma vitória do Fluminense no Campeonato Carioca, o técnico Fernando Diniz celebrou o resultado. Nesta terça-feira, o Tricolor bateu o Nova Iguaçu no Maracanã, e o treinador da equipe de Laranjeiras comentou sobre a atuação de seus jogadores e sobre o reencontro com o torcedor em casa.

- Voltar ao Maracanã é sempre bom, reencontrar a torcida é melhor ainda. Tivemos algumas falhas por conta de entrosamento, parte técnica, parte física, mas tenho que dar os parabéns aos jogadores pelo principal objetivo que era vencer. O Nova Iguaçu é uma equipe bem treinada. Acho que eles não tiveram muitas chances, e nós temos que continuar assim. Com o passar do tempo a gente vai adquirir o nosso melhor - disse Diniz.

+ Veja a tabela e os jogos do Campeonato Carioca 2023


O técnico do Flu comentou também sobre a escolha de levar a campo um time reserva e disse que ainda é normal a falta de entrosamento pela falta de ritmo até aqui. Diniz, porém, citou que com o tempo os atletas vão se ajustando.

- Por enquanto é assim, mas isso não quer dizer que vai ser sempre assim. Acertamos não só por causa do resultado, mas pela carga de treinamentos que demos. Não dar o ritmo não seria justo. Vamos ver jogo a jogo o que vamos fazer. Não vou dizer agora o que vamos fazer até o fim do Carioca - afirmou o treinador.

- Esses jogadores de hoje têm treinado juntos, e os trabalhos têm sido equilibrados. Eu gosto de time titular para dar sequência. Não acho que agora seja o momento de definir isso, o entrosamento virá com os jogadores jogando. Se fossem duas partidas decisivas eu colocaria o mesmo time, mas agora é a hora de trabalhar para dar entrosamento e isso só vai acontecer jogando - completou.

+ Confira as movimentações do Fluminense no mercado da bola no Vaivém do L!

Diniz comentou sobre a partida dos estreantes e falou que todo mundo tem treinado bastante no dia a dia.

- Acho que todo mundo foi selecionado com muito critério no aspecto técnico, físico e comportamental. Alguns tiveram dificuldade de jogar num sistema novo, que é normal, e também na parte física porque estamos trabalhando para toda a temporada. Alguns jogadores não estão bem fisicamente, treinei bastante nos últimos dias. Mas acho que todos vão dar alegrias ao torcedor do Fluminense.

+ ATUAÇÕES: Lima se destaca em vitória do Fluminense sobre o Nova Iguaçu; veja as notas

CONFIRA OUTROS TRECHOS DA ENTREVISTA

Briga no gol: "Os clubes brasileiros de maneira geral têm muita dificuldade de lançar os goleiros. Eu vi no Pedro Rangel um goleiro que tem condições de ser titular do Fluminense no futuro. O Vitor Eudes também vai brigar pela titularidade. Nós temos três grandes goleiros, qualquer um que jogar vamos estar bem servidos."

Recomposição: "A recomposição defensiva, desde a minha chegada, é um ponto muito forte e que nos garantiu muito. Os jogadores estão de parabéns. Tivemos erros de passe, o que está dentro da normalidade para um início de temporada."

Lima: "É muito cedo para falar em 'coringa'. O Lima jogou mais na frente no sábado e hoje mais recuado, ele é polivalente. Eu mexi com o Isaac também. Isso vai ser natural, não só com o Lima, mas com outros também."