Fernandinho questiona e se defende: "Qual jogador da Seleção que joga igual nos clubes?"

Yahoo Esportes
Fernandinho, antes da partida da Seleção Brasileira. Foto: Fernando Dantas/Gazeta Press
Fernandinho, antes da partida da Seleção Brasileira. Foto: Fernando Dantas/Gazeta Press

Tite surpreendeu muita gente quando sacou Casemiro e colocou Fernandinho contra a Venezuela, procurando ganhar o jogo. A entrada do volante foi criticada pela maioria, pelo fato de Fernandinho ser um nome mais defensivo e por ter um passado recente complicado pelo selecionado.

O blog conversou com o jogador, que se mostrou irritado com questões relacionadas ao seu desempenho em campo, numa comparação com as boas partidas realizadas pelo Manchester City, além de ressaltar a evolução do futebol sul-americano. Confiram.

Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

Leia também:

É uma injustiça exigir que você jogue na Seleção o mesmo futebol que joga no Manchester City?

Se você citar para mim, qual jogador da Seleção que joga igual nos clubes, eu levaria a pergunta em consideração.

Eu também acho. Há jogadores no clube e diferentes na Seleção....

(Cortando)Nós sabemos que os esquemas de jogo são diferentes, tudo, tipo de competição, adversários são diferentes. Todos sabem aqui que a América do Sul é bem difícil de se jogar. Todos nós sabemos que as seleções, quando jogam contra o Brasil, se portam de maneira diferente em relação às outras seleções. Claro que nós temos um treinador excelente, que prepara o time da melhor maneira possível, mas eu acho que ficaria muito difícil fazer esse tipo de comparação.

A insatisfação da torcida teve mais a ver com a atuação ou com seu passado na Seleção?

A torcida sempre vem para o estádio com a melhor expectativa possível, na questão de atuação e resultado. Eu acho que faz parte do futebol, do espetáculo, torcida quando não vê o resultado ou atuação que ela quer, acaba vaiando e acho que temos que saber lidar com isso porque somos profissionais de alto nível. O que nos resta agora é trabalhar para o próximo jogo e tentar mudar o resultado e talvez a atuação também.

Num todo, o futebol sul-americano evoluiu?

Ah, sem dúvida nenhuma. Se você pega os treinadores das seleções, melhoraram muito. Todas as seleções têm muitos jogadores que jogam na Europa, nas principais competições em Espanha, Itália, Alemanha, Inglaterra. Todos eles têm entendimento tático, melhoraram muito tecnicamente em relação há 20 anos. É muito claro, muito visível, só não vê quem não quer.

Qual função você está mais à vontade para executar no meio-campo?

No primeiro jogo, devido às circunstâncias da lesão do Arthur, acabei sendo escalado para fazer aquela função um pouquinho mais adiantado, chegando na área. Na substituição do Casemiro, fiz a função que eu estou acostumado a fazer no meu clube. Joguei aqui várias vezes também. Então, para mim acaba sendo igual porque sou acostumado a jogar nas duas posições. Eu acho que não há problema nenhum neste aspecto.

Aos 34 anos, Fernandinho participou das duas últimas Copas do Mundo, sendo bastante criticado e considerado um dos responsáveis pelas derrotas para Alemanha e Bélgica.

Apesar do seu grande trabalho no Manchester City, bicampeão inglês, Fernandinho nunca conseguiu repetir desempenho parecido no selecionado e isso ele contesta bastante.

Na Seleção, são 57 jogos e dois gols marcados.

Siga o Yahoo Esportes: Twitter | Instagram | Facebook | Spotify | iTunes |


Leia também