Feliz? Que nada! Mourinho reclama de dirigentes ingleses após classificação na Europa League

Não foi tão fácil como muitos pensavam, mas o Manchester United venceu o Rostov por 1 a 0 nesta quinta-feira (16) e avançou para as quartas de final da Europa League. Depois da partida, ao invés de mostrar felicidade pela classificação o técnico José Mourinho aproveitou para criticar os dirigentes da federação inglesa.

Isso porque o United já havia jogado na segunda-feira (13), pela FA Cup – onde foi eliminado após derrota para o Chelsea – e daqui a três dias terá de entrar em campo pelo Campeonato Inglês (Premier League). Pior ainda foi ter que lidar com lesões de Pogba e Blind.

“Paul sentiu um problema, Daley (Blind, que também sentiu e foi substituído) eu não sei. Tenho que ver o que aconteceu. A fadiga cobra o seu preço”, disse para o BT Sports.

2017-03-16-pogba-mourinho

(Foto: Getty Images)

“Consigo imaginar que algumas pessoas digam que devemos jogar melhor e marcar mais gols e que não devíamos ter dificuldades contra estas equipes, mas temos de lutar contra muitos inimigos. É difícil jogar segunda-feira com dez jogadores, jogar hoje e voltar a jogar no domingo ao meio-dia... Na Rússia, o delegado da UEFA me disse que se um jogador se lesionasse, não havia problema, porque o seguro pagava. Provavelmente aqui pensam o mesmo. Provavelmente vamos perder no domingo (Middlesbrough, pela Premier League), mas vamos tentar”, desabafou.

“Enquanto estivemos frescos fomos dominadores e criamos muitas oportunidades. Na primeira parte eles não passaram do meio-campo e parecia que íamos marcar e matar a eliminatória. O Rostov sabia que mais para a frente nos iam faltar as energias e foi o que aconteceu. Deixamos o jogo aberto, mas os rapazes foram fantásticos”, avaliou o português.

Juan Mata Ander Herrera Zlatan Ibrahimovic Manchester United Rostov Europa League 16032017

(Foto: Getty Images)

Quem comemorou um pouco mais foi o meio-campista espanhol Ander Herrera, que lembrou a chance de jogar a próxima edição da Champions League caso conquista a Europa League: “Estamos muito felizes. Às vezes jogos como este podem parecer fáceis, mas não são. O Rostov não tinha nada a perder e veio aqui para se classificar. Eu acho que nós controlamos o jogo muito bem, criamos muitas chances no primeiro tempo”, disse para a MUTV.

“Mas é a mesma coisa que vem acontecendo durante toda a temporada, nós criamos chances, mas sempre paramos no goleiro ou na trave. Então não acabamos com o jogo, e depois disso tivemos que sofrer um pouco no segundo tempo, mas acho que fomos muito bem (...) Agora estamos nas quartas de final, e esta é uma competição muito importante para nós. É um outro caminho para jogarmos a Champions League na próxima temporada”, finalizou.