Felipe Melo pode ter de prestar esclarecimentos à Justiça uruguaia antes da final da Libertadores

·1 minuto de leitura


O volante Felipe Melo pode ter de prestar esclarecimentos à polícia uruguaia ao aterrissar em Montevidéu, palco da final da Libertadores entre Palmeiras e Flamengo. Isso é decorrente da confusão ocorrida em 2017 após a partida contra o Peñarol, pela competição continental, na qual o camisa 30 desferiu um soco no jogador Matías Miler.

Com isso, o Verdão já entrou em contato com a Justiça do Uruguai e, também, contratou um advogado no país. A informação foi divulgada pelo ‘ge’.

A determinação da Justiça uruguaia ocorreu ainda em 2017, após a emboscada sofrida pelo Alviverde no Estádio Campeón del Siglo, mas, como o atleta retornou ao Brasil, não foi cumprida.

Mesmo assim, o pedido de detenção é, apenas, para prestar esclarecimentos sobre a confusão, como ocorreu com outros jogadores envolvidos no confronto.

Felipe Melo chegou ao Palmeiras em 2017 e, desde então, conquistou um Brasileirão, um Paulistão, uma Copa do Brasil e uma Libertadores. O voltante tem contrato com o Alviverde até o fim da atual temporada.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos