Felipe Melo explica escolha pelo Palmeiras e diz: pisão em Robben o ”tirou” do Real Madrid

Goal.com
<em>Foto: Getty Images</em>
Foto: Getty Images

Felipe Melo no Real Madrid? Poderia ter acontecido, de acordo com ele mesmo em entrevista ao jornal AS, se não fosse o polêmico lance que protagonizou na Copa do Mundo da África, em 2010.

Baixe o app do Yahoo Mail em menos de 1 min e receba todos os seus emails em 1 só lugar

Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

Siga o Yahoo Esportes no Google News

Na ocasião, o então volante, acabou expulso do jogo entre Brasil e Holanda, pelas quartas de final da Copa, após dar um pisão no atacante Arjen Robben. A partida acabou com a derrota e a eliminação da seleção brasileira, e Felipe Melo foi apontado como o grande culpado, se tornado o vilão do momento.

Leia também:

Mas, segundo ele mesmo disse, o jogo lhe rendeu mais do que o rótulo. Por causa daquele lance ele acabou não indo defender o Real Madrid após a Copa do Mundo. "No fim, poderia ter fechado com o Real Madrid. Foi isso que disse o meu agente quando eu estava na Copa do Mundo. Mas, com o que aconteceu nas quartas de final, a expulsão, acabou com que o acordo fosse desfeito", contou ao jornal espanhol.

E, mesmo perdendo a oportunidade de defender um dos maiores clube do mundo, o hoje zagueiro ainda é capaz de enxergar algo positivo na situação: "Mas são coisa que aconteceram e tinham de acontecer. Tudo o que ocorreu me ajudou a crescer como homem, como jogador, como profissional, pai, marido… Já tínhamos tudo acordado nesse momento, tudo. Mas tudo bem, já passou. Fiquei na Juve e depois fui para o Galatasaray e olha que bonito! Lá, virei o melhor jogador brasileiro do futebol turco, ganhei títulos". 

"Se tivesse jogado no Real Madrid, teria feito história? Sim, mas talvez não tivesse a mesma idolatria que tenho hoje no Galatasaray, um clube que está no meu coração para sempre", completou.

O Real poderia ter sido mais um grande time no currículo do brasileiro, que teve grande passagem pela Europa, defendendo clubes como Inter de Milão, Juventus, Galatasaray, Fiorentina, entre outros, antes de voltar ao Brasil e se consagrar no Palmeiras. Aliás, a chegada ao Verdão poderia nunca ter acontecido se ele tivesse chegado a ir para o Real Madrid, quem sabe?

<em>Foto: Getty Images</em>
Foto: Getty Images

Hoje, Felipe conseguiu se firmar com um dos principais jogadores do elenco palmeirense e, para muitos, já um ídolo no clube. E era exatamente isso que o jogador planejava ao decidir voltar ao Brasil. 

"Eu estava jogando pela Inter, eles queriam renovar meu contrato, mas eu voltei para o Brasil porque no Brasil eu ganhei quando eu era pequeno, quando o mundo não sabia quem era Felipe. E eu tinha um sonho de voltar e ganhar o campeonato como o Felipe Melo, ajudando como um dos principais jogadores. Saí da Inter e vim para o Palmeiras para ganhar, para que as pessoas me conhecessem e não ficassem com Felipe da Juve, Fiorentina, Almeria, Inter, a seleção nacional, Galatasaray. Não, eu quero fazer história em um clube no Brasil", contou o zagueiro.

Siga o Yahoo Esportes no Instagram, Facebook e Twitter e aproveite para se logar e deixar aqui abaixo o seu comentário.

Leia também