Felipe Melo exalta Vitor Hugo e diz: 'Não vão ganhar da gente na força'

Exaltado, volante dedica ponto conquistado na Argentina ao companheiro expulso e diz que resultado da estreia na Libertadores foi bom para o Palmeiras

Felipe Melo deixou o gramado do Estádio Monumental José Fierro satisfeito com o empate por 1 a 1 diante do Atlético Tucumán (ARG), que segundo ele teve sabor de vitória para o Palmeiras. O volante dedicou o ponto conquistado na estreia ao zagueiro Vitor Hugo, que foi expulso aos 21 minutos de jogo.

- Olha só, aproveito a oportunidade primeiro para glorificar o nome do Senhor Jesus Cristo, que nos capacitou e nos deu força para lutar até o fim. Quando eu falei que ia dar tapa na cara, para os bons entendedores, é isso aqui. Ninguém vai ganhar da gente na força, não. Hoje, com menos um, nós levantamos o espírito de guerreiro aqui. E esse empate com sabor de vitória vai para o nosso amigo e guerreiro Vitão. Vamos lá, que a Libertadores só está começando - disparou o camisa 30, exaltado, ao Sportv.

- Ele (Vitor Hugo) estava chateado, sim, é um guerreiro nosso, um jogador que a gente confia. Libertadores é isso aí. E eu falei: na força ninguém vai ganhar do Palmeiras, hoje com a grama alta, difícil de jogar futebol, a gente se superou com um a menos e temos que realmente valorizar esse ponto. Glória a Deus por esse ponto - acrescentou.

Felipe Melo ainda lembrou de sua última partida na Argentina: foi em 2009, nas Eliminatórias da Copa do Mundo, em Rosário, quando a Seleção Brasileira venceu os hermanos e garantiu classificação para a Copa do Mundo.

- Comemorei porque na última vez que joguei na Argentina nós batemos neles de 3 a 1 e classificamos para a Copa do Mundo. Ou seja, aqui é Brasil.







E MAIS: