Felipe Melo e três gringos são punidos de forma provisória por briga na Libertadores

Volante do Palmeiras é punido com três partidas de suspensão por conta da briga contra o Peñarol. Nahitán Nández, Matías Mier e Lucas Hernández também

A Conmebol decidiu, na noite desta sexta-feira (28), suspender provisoriamente quatro jogadores envolvidos na confusão após o jogo entre Peñarol, do Uruguai, e Palmeiras, pela quarta rodada do Grupo 5 da Copa Libertadores da América. Somente Felipe Melo, do time paulista, está entre os punidos.

A Unidade Disciplinária da Conmebol iniciou o processo de abertura de um Expediente Disciplinar com base nas ocorrências da partida, especificamente ao finalizar o confronto vencido por 3 a 2 pelos comandados de Eduardo Baptista.

Além de Felipe Melo, responsável por acertar dois socos em um jogador do Peñarol, outros três atletas sofreram sanções provisórias. Nahitán Nández, Matías Mier e Lucas Hernández também foram punidos. Todos estão suspensos por três partidas a princípio.

É preciso que haja julgamento do quarteto para definir a pena de todos eles no decorrer da competição continental. O que permite que os quatro atletas sejam punidos temporariamente é o artigo 64 do Regulamento Disciplinar da Conmebol.