Felipe Melo dedica “empate com gosto de vitória” a Vitor Hugo

O Palmeiras se mostrou tecnicamente melhor que o Atlético Tucumán na estreia da Copa Libertadores da América, na Argentina, nesta quarta-feira. Com um a menos desde a metade do primeiro tempo, o Verdão não sofreu sustos e ainda teve boas chances de virar a partida.

Após o confronto, o volante Felipe Melo celebrou o “empate com gosto de vitória” e dedicou o resultado ao companheiro Vitor Hugo, expulso na primeira etapa. O volante revelou ainda que o beque pediu desculpas ao elenco após o cartão vermelho.

“O Vitor Hugo estava chateado, sim. Ele é um guerreiro nosso, um jogador que a gente confia. Copa Libertadores é isso aí. E eu falei: na força, ninguém vai ganhar do Palmeiras. Hoje com a grama alta, difícil de jogar futebol, a gente se superou com um a menos e temos que realmente valorizar esse ponto”.

“Quando eu falei que ia dar tapa na cara, para os bons entendedores, é isso aqui. Ninguém vai ganhar da gente na força, não. Hoje, com menos um, nós levantamos o espírito de guerreiro aqui. E esse empate com sabor de vitória vai para o nosso amigo e guerreiro Vitão. Vamos lá, que a Libertadores só está começando”.

Com o resultado, Palmeiras e Atlético Tucumán dividem a segunda posição do Grupo 5 da Copa Libertadores. A liderança no momento está com o Jorge Wilstermann-BOL, que goleou o Peãnrol, lanterna, por 6 a 2 na primeira partida da chave.