Felipe Melo cobra melhora do Palmeiras: "às vezes tem que dar uns tapas na bunda"

Com o desejo de ficar no Brasil, volante deve ganhar nova chance e voltar a treinar com o grupo

Felipe Melo soltou o verbo ao término do revés do Palmeiras para a Ponte Preta, na tarde deste domingo (16), no estádio Moisés Lucarelli. Com frases polêmicas, o volante cobrou um "tapinha na bunda" dos comandados de Eduardo Baptista e pregou a necessidade de entrar com uma postura diferente no jogo de volta da semifinal do Paulista, no próximo sábado.

Questionado sobre os erros cometidos pelo Verdão na derrota para a Macaca, o atleta fez uma alusão à relação entre pais e filhos:

"Um pai, quando cobra o filho, às vezes tem que dar uns tapas na bunda. Uns tapinhas, a varada na bunda é bílbico, mas é por amor. Eu vou ser cobrado, vou cobrar dos meus companheiros, isso é imporante. A gente está chateado para caramba, assim como o torcedor, mas não tem nada acabado. Ainda tem muito para acontecer... Glória a Deus até pela derrota", afirmou.

Por fim, o meio-campista ainda enalteceu a Ponte Preta e o comportamento dos torcedores que foram ao estádio Moisés Lucarelli, em Campinas, para assistir ao duelo:

"A gente tem que ter a mesma concentração como se tivesse vencido por 3 a 0. É um placar amplo, difícil de reverter, mas não existe impossível no futebol. A gente, quando ganha, fica sorrindo, mas eu falei algum tempo atrás daquela intimidade, que vai fazer com que a gente corra o dobro para reverter esse placar. Parabéns à Ponte Preta... Isso é o futebol! Nós não somos imbatíveis. É nessa hora que a gente vê os grandes guerreiros, os grandes jogadores e os grandes times", concluiu.