Felipe Jonatan reclama da falta de tempo para treinar após derrota


O Santos perdeu por 3 a 2 na noite desta quinta-feira para o Palmeiras, no Allianz Parque, e está eliminado do Campeonato Paulista. Para piorar, a derrota no clássico complicou o Peixe na tabela do estadual e agora a equipe vai para a última rodada nessa 1ª fase brigando para não cair.

Após a o revés no clássico, o lateral-esquerdo Felipe Jonatan justificou o cansaço pelo resultado ruim. Segundo o camisa 3 santista, o Palmeiras usou um time alternativo no confronto, o que facilitou o jogo da equipe adversária. Os dois times vinham de jogos da Copa Libertadores na terça-feira, com um intervalo de menos de 48 entre as partidas.

"Pelo tempo hábil de treino, viemos de 48 horas do jogo... Palmeiras também, mas com time alternativo. Cansaço bateu, sim, e infelizmente não conseguimos classificar", disse Felipe ao SporTV.

Em relação a eliminação no Paulistão e o possível risco de rebaixamento, Felipe Jonatan pensa na Libertadores, mas vê antes a necessidade de evitar uma tragédia maior, fato que nunca aconteceu na história do Peixe.

"Agora é melhorar porque o foco é na Libertadores e também deixar o time na Série A porque nunca caiu", comentou o atleta.

No meio da segunda etapa do clássico, um pouco antes do terceiro gol palmeirense, houve um bate-boca entre o lateral e o banco de reservas do Santos. O jogador, porém, desconversou sobre o assunto quando questionado sobre o incidente.

"Cobrança normal de atleta, cobrança é muito grande aqui. Pedi para incentivar mais ali, é cobrança normal em um elenco. A gente se cobra muito", disse o lateral.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos