Felipe Jonatan evita comparar treinadores e vê Santos conhecendo melhor técnico Ariel Holan

LANCE!/DIÁRIO DO PEIXE
·2 minuto de leitura


Os jogadores do Santos ainda estão se adaptando ao estilo de jogo de Ariel Holan. O treinador assumiu o clube no início desta temporada e diferenças foram notadas nos treinamentos e nas partidas. O lateral Felipe Jonatan falou com o LANCE!/DIÁRIO DO PEIXE, evitou comparações entre o atual e os últimos técnicos do Peixe, mas diz evoluir com o melhor de cada um.

> Confira a classificação atualizada do Campeonato Paulista

- Desde quando eu cheguei ao Santos, trabalhei com o Sampaoli, Jesualdo, Cuca e, agora, começando com o Holan. Eu não gosto de comparar e dizer qual é o melhor e qual é o pior. Cada um tem o seu estilo e eu procuro me apegar ao melhor de cada treinador para evoluir na carreira. Tenho que entender como é a filosofia da comissão técnica e absorver todos os ensinamentos. Se o treinador chegou ao Santos, é porque tem muita capacidade e nós temos que saber aproveitar.

Pela segunda semana seguida, o Santos está em Atibaia, com um rotina intensa de treinamentos para assimilar a filosofia de Holan. O clube está proibido de treinar em Santos por conta das medidas adotadas pela prefeitura local para frear a disseminação do novo Coronavírus. Para Felipe Jonatan, o tempo de trabalho ainda é curto, mas está ajudando jogadores e técnico a se conhecerem melhor.

- O trabalho com o Holan está apenas no início e ele está tentando conhecer o máximo de cada atleta. Não somente no meu caso, mas ele sabe que pode contar com todos os jogadores onde ele achar melhor. Os últimos dias foram muito proveitosos. Claro que o tempo de preparação ainda é pequeno e não é o ideal, mas a gente está podendo conhecer melhor o trabalho do professor Holan e de toda a comissão técnica. Por outro lado, ele está tento a oportunidade de conhecer melhor as características de cada atleta e isso é muito positivo para o elenco.

A preparação do Santos em Atibaia visa o duelo de ida contra o San Lorenzo, pela terceira fase da Copa Libertadores da América. O jogo está marcado para o próximo dia 6, no Nuevo Gasómetro, em Buenos Aires. Quem passar do confronto - que tem a volta agendada para o dia 13, irá à fase de grupos da competição. O eliminado entrará nas chaves da Copa Sul-Americana.