Felipe Conceição vê evolução, mas evita exaltação na análise do time

Valinor Conteúdo
·2 minuto de leitura


Após um empate e uma derrota nas duas primeiras rodadas do Campeonato Mineiro, o Cruzeiro venceu a primeira partida na temporada 2021 e o técnico Felipe Conceição conquistou neste sábado seu primeiro triunfo no comando da Raposa após o time vencer a URT por 2 a 0, pela 3ª rodada do Campeonato Mineiro.
O treinador celeste analisou a partida e ressaltou a evolução da equipe com o decorrer dos treinamentos e jogos.

-Fizemos um jogo consistente, fomos crescendo no decorrer da partida, mas sempre com um controle muito grande. Isso mostrou um equilíbrio e um controle da nossa ansiedade por essa primeira vitória. O grupo está de parabéns, vem trabalhando forte. Apesar do pouco tempo compraram a ideia, estão se esforçando e hoje fizemos um jogo equilibrado e consistente. Tivemos chances de gols e concluímos melhor. Conseguimos fazer dois e poderíamos fazer mais- comentou.

-É uma vitória importante nesse início de caminhada para a confiança do grupo, para vários atletas que estão tendo sequência e que estão chegando no clube e se adaptando. É um processo novo e que está demostrando uma consistência grande. Apesar dos dois primeiros resultados, hoje veio naturalmente e estamos felizes com a vitória- complementou.

Conceição também destacou a força do elenco. Para o treinador, um grupo forte e confiante é fundamental para os objetivos do clube nesta temporada.

-O grupo todo é importante, vamos ter um ano difícil, em que a gente tem um objetivo maior, que é o acesso. Todos vão participar e todos são importantes, cada um com a sua característica, cada um com o seu momento. É natural que uns estejam em um momento melhor que outros e a gente vai usar de acordo com o que for melhor para a equipe. Estou feliz com o grupo, o importante a gente contar com todo mundo- ressaltou.

Segundo o treinador, a vitória foi de grande importância para o processo de construção da identidade da equipe.

-Sair desse jogo com dois gols me deixa feliz, pela situação que nós estávamos, pelo controle da ansiedade desse início de trabalho. Traz confiança para os atletas e para a filosofia que estamos implementando. Apesar dos maus resultados nos primeiros jogos, e da exigência que existe no Cruzeiro de sempre vencer, desempenhamos bons números-falou

-É um processo natural, de habituar a controlar o jogo com a bola, ter um volume ofensivo alto e jogar de maneira agressiva defensivamente também. Tudo isso gera uma adaptação, que estamos conseguindo superar com a entrega dos atletas. Por isso essa vitória é espetacular pelo processo e para o processo. Estamos felizes com a evolução e vamos continuar trabalhando nesse sentido- concluiu.

Próximos jogos

Pelo Mineiro,o Cruzeiro volta a jogar no dia 14 de março, contra o Athletic, no Mineirão, às 16h. A URT entra em campo no sábado, 13, contra o Tombense, fora de casa, às 16h.